Draymond Green exalta recorde de Curry: “Honrado em fazer parte disso”

Eric Filardi | 15/12/2021 - 18:10

Primeiramente, na noite de 14 de dezembro de 2021, o mundo do basquete presenciou a história sendo escrita por Stephen Curry. Por certo, o astro de camisa número 30 bateu o recorde de bolas de três pontos de Ray Allen e se tornou o 1º colocado deste ranking. Seu parceiro de clube, Draymond Green, ficou grato por fazer parte deste momento.

Após o feito, atingido ainda no 1º quarto do duelo contra os KnicksCurry caminhou pela quadra abraçando várias pessoas, depois se sentou no banco antes de compartilhar um longo momento com seu companheiro de equipe, Green.

Em entrevista pós-jogo, DG23 exaltou o recorde atingido pelo amigo com quem divide quadra e se disse honrado em participar da história de Steph:

“[Eu senti] muita gratidão e entusiasmo por ele”, disse Green sobre seu longo abraço perto do banco. “Ele torna meu trabalho muito mais fácil e compartilhar esse momento com ele…”.

Draymond ainda lembrou do tempo de parceria de ambos, da amizade e também da honra que é estar ao lado do camisa 30 neste feito inédito:

“Estou no 10º ano agora. Cada jogo que eu joguei, ele tem sido meu companheiro de equipe. Compartilhar esse momento com alguém que é tão especial para mim, como Steph é, isso foi realmente um grande negócio. Por vê-lo ter aquele momento, [eu] fiquei apenas honrado em fazer parte disso”.

A saber, Stephen Curry presenteou Draymond Green Andre Iguodala com relógios Rolex gravados depois de quebrar o recorde de três pontos.

Veja o vídeo de Stephen Curry entregando os Rolex para Draymond Green e Andre Iguodala

Por fim, o ex-companheiro de Curry nos WarriorsKevin Durant, via Twitter, reivindicou seu Rolex. Mas, antes disso, havia postado um tweet chamando Steph de Deus: “2974… mais a caminho. Parabéns ao Deus @StephenCurry30”.

Foto destaque: Divulgação / Warriors

Escrito por Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Mas a vida de jornalista começou. Sou Eric Filardi, paulistano criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol, basquete e MMA. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou poeta em @avipen no Instagram.