Curry dedica vitória dos Warriors a assistente que morreu: ‘Foi difícil’

Paola Zanon | 25/01/2024 - 10:03

Stephen Curry se emocionou com a vitória do Golden State Warriors sobre o Atlanta Hawks na noite de quarta-feira (24) e dedicou o resultado a Dejan Milojevic, assistente técnico da equipe, que morreu na última semana.

A franquia de São Francisco não entrava em quadra desde o dia 15 de janeiro, quando perdeu para o Memphis Grizzlies. O jogo seguinte seria dia 17, contra o Utah Jazz, mas foi adiado devido ao falecimento de Milojevic neste mesmo dia.

— O treinador [Steve Kerr] nos desafiou a canalizar nossas emoções e vencer essa partida, como Dejan iria querer que fizéssemos. Foi uma semana difícil, ver sua cadeira vazia é difícil, queríamos homenagear ele de algum jeito—, declarou o armador, durante a entrevista coletiva após a partida.

O assistente técnico chegou a viajar com a equipe para Salt Lake City e sofreu uma parada cardíaca enquanto jantava em um restaurante da cidade, um dia antes do jogo. Dejan, de 46 anos, foi socorrido e internado, mas não resistiu.

Klay Thompson e Draymond Green também se emocionaram bastante e chegaram a chorar antes do início do jogo, e o técnico Steve Kerr fez um breve discurso sobre a perda do assistente.

— O mundo perdeu uma linda alma na última semana. Deki foi um amigo maravilhoso, um ótimo treinador de basquete, um grande homem. Ele é parte da nossa alma—, declarou o comandante do time.

Homenagem dos Warriors a Milojevic

Além da vitória dedicada ao assistente técnico, os jogadores dos Warriors entraram em quadra com um detalhe sensível no uniforme: no ombro esquerdo, havia um coração com as iniciais DM, de Dejan Milojevic.

No pré-jogo, todos os jogadores e comissão técnica também estavam usando uma camiseta preta com a palavra “brate” estampada na frente, que significa “irmão” em sérvio, nacionalidade do treinador.

Ainda antes de a partida começar, cada atleta deixou sua própria camisa, com seus números e o sobrenome Milojevic, sobre a cadeira vazia de Dejan. O assento permaneceu assim até o fim do jogo.

O Golden State ainda teve outro jogo adiado além do duelo contra o Jazz. Na última sexta-feira (19), a equipe entraria em quadra contra o Dallas Mavericks. As duas partidas ainda não foram remarcadas pela NBA.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.