Curry revela conversa com Trae Young após armador ser esnobado do All Star: ‘eu disse a ele…

Márcio Júnior | 04/02/2024 - 14:10

Não é todo dia que um jogador anota 60 pontos em um jogo da NBA e ainda sai da quadra com uma derrota. Mas foi isso o que aconteceu com Stephen Curry e o Golden State Warriors na derrota por 141 a 134 para o Atlanta Hawks, na noite do último sábado (3), em Atlanta.

Curry e seus companheiros viram um consistente Trae Young anotar 35 pontos e comandar a reação dos Hawks mesmo após sofrerem a virada restando poucos minutos para o fim do duelo, que ainda precisou de prorrogação para ter o vencedor definido. O jogo marcou o primeiro encontro de Trae com os torcedores de Atlanta depois da NBA divulgar a lista completa dos jogadores que estarão no All-Star Game de 2024, no próximo dia 18, no Bankers Life Fieldhouse, ginásio dos Pacers.

Mentor? Curry ‘consola' Trae Young após armador ficar fora do All-Star

Presente na lista do All-Star em 2020 e 2022, Trae Young teve que lidar com o fato de que nesta temporada ele ficou de fora dos selecionados. Durante a semana o jogador chegou a comentar sua ausência, mas se resumiu a dizer que “não ter muito o que falar”. Após o confronto, o experimente Curry de 35 anos foi conversar com o jovem armador e lhe passou alguns conselhos.

— Eu disse a ele depois do jogo que tudo de bom voltaria a acontecer com ele se ele lidasse com o jogo da maneira certa: com alegria. Sem criar ressentimentos por não ser chamado. Quando você é rotulado como esnobado você chama uma cobrança pra cima de si mesmo para mostrar ao mundo que você realmente merecia estar lá. Então disse que ele poderia usar essa energia como algo bom, como motivação. Muitas coisas são levadas em conta nas votações, é um reduto competitivo dos melhores da posição, mas coisas boas vão acontecer com ele se ele levar o jogo do jeito certo — revelou Curry em entrevista após o jogo.

Injustiçado? Trae Young tem números de All-Star, mas desempenho do time prejudica

Considerando apenas o desempenho individual de Trae Young na temporada 2023-24 da NBA, os números do armador são excelentes. Dentre todos os jogadores da mesma posição, Trae fica atrás apenas de Doncic, Shai, Curry e Fox em média de pontos por jogo, com 27.3. Já considerando as assistências, o jogador é o segundo colocado no ranking, perdendo apenas para o armador dos Pacers, Tyrese Haliburton. Trae soma 10.9 de média, enquanto o rival chegou na casa dos 12.0.

O que pesou para a ausência dele no All-Star Game de 2024 foi o baixo desempenho do Atlanta Hawks na temporada. Ocupando apenas a 10ª colocação na Conferência Leste da NBA, a franquia de Atlanta chega duas semanas antes do All-Star com uma campanha negativa de 22 vitórias e 27 derrotas.

A franquia não tem tido vantagem contra os adversários nem mesmo jogando em casa diante dos seus torcedores. No State Farm Arena, foram 12 vitórias e 13 derrotas. Números que eram ainda piores uma semana atrás, já que quatro destas 12 vitórias em casa foram conquistas justamente nos últimos quatro jogos. E como visitante esse número também não é bom, com 10 vitórias e 14 derrotas.

Escrito por Márcio Júnior
Márcio Júnior é baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Apaixonado por futebol, NBA, NFL e games de história. Torcedor do Bahia e Los Angeles Lakers. Passei pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Trivela. No Quinto Quarto desde julho de 2023.