‘É pessoal’, diz Chris Paul sobre expulsão em reencontro com o Phoenix Suns

Paola Zanon | 23/11/2023 - 11:27

Chris Paul não concordou com sua expulsão durante a derrota do Golden State Warriors para o Phoenix Suns, sua ex-equipe, por 123 a 115, na noite de quarta-feira (22) na NBA.

Na reta final do segundo quarto, o juiz Scott Foster começou a discutir com o armador e resolveu dar a ele a primeira falta técnica.

Inconformado, Chris Paul continuou a discussão e levou a segunda falta técnica, ocasionando em sua expulsão com mais da metade do jogo pela frente. Antes de deixar a quadra, o jogador aproveitou para xingar o árbitro de “vadia”.

Depois do confronto, Foster, que já teve uma briga pessoal com o jogador anos atrás, foi questionado sobre a decisão de expulsar Chris Paul e deu uma resposta curta e direta.

— Ele recebeu a primeira técnica, visivelmente continuou reclamando e por isso recebeu a segunda por comportamento antidesportivo—, se limitou o árbitro.

Também após o jogo, que marcou o reencontro de Paul com a torcida dos Suns no Footprint Center, o armador usou as redes sociais para agradecer o carinho que recebeu e, de forma irônica, se desculpar pela saída precoce.

— Obrigada ao The Valley pelos três anos incríveis! Minhas desculpas pela saída mais cedo hoje… —, escreveu ele, ao publicar uma sequência de fotos da época de Suns no Instagram.

O jogador também atendeu a imprensa, mesmo tendo sido expulso, e deixou claro que a expulsão não foi justa, e sim, pessoal.

— É pessoal. Tivemos umas situações anos atrás e virou pessoal, e toda a liga sabe disso. Eu não vejo problema em conversar com os árbitros, mas usar a técnica pra fazer valer seu ponto é cruzar o limite—, soltou.

Chris Paul x Scott Foster

A rivalidade entre Chris Paul e Scott Foster começou quando o armador ainda jogava no Los Angeles Clippers. Os dois se estranharam em um incidente no qual, supostamente, o juiz teria ofendido o filho do jogador, mas não se sabe ao certo em qual temporada isso aconteceu.

Durante a entrevista coletiva, Paul voltou a abordar o assunto e afirmou que ele chegou a se reunir com o árbitro para tentar resolver a situação.

— Tivemos reuniões desde a situação que envolveu o meu filho, mas continua sendo o que é. Existe há algum tempo. É o que é neste momento. Tenho que fazer um trabalho melhor para ficar em quadra pelos meus companheiros—, lamentou ele.

Todas as equipes nas quais Chris Paul jogou já sofreram nas mãos de Foster: Clippers, Suns, Houston Rockets e Oklahoma City Thunder.

De 2008 para cá, o armador perdeu 13 jogos seguidos de playoffs quando Foster chefiava a arbitragem. Com Scott apitando, o armador tem apenas três vitórias e 17 derrotas na pós-temporada, independentemente do time.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.