MLS: Ex-Corinthians e Botafogo assina com Orlando City

André Merice | 05/01/2024 - 14:07

O uruguaio Nicolas Lodeiro, ex-Corinthians e Botafogo, está de casa nova. Há oito temporadas na MLS, o meia trocou o Seattle Sounders pelo Orlando City.

Aos 34 anos, Lodeiro assinou até o fim de 2024, com opção de renovação por mais uma temporada. Após o anúncio oficial, o gerente geral dos Lions, Luiz Muzzi, comentou sobre as expectavas entorno da nova contratação.

— Estamos entusiasmados por Nico se juntar a nós aqui em Orlando. Ele é um jogador com o qual estamos muito familiarizados e que se encaixa perfeitamente no estilo de futebol que queremos jogar. É um vencedor comprovado nesta liga — disse Luiz Muzzi.

Revelado pelo Nacional, do Uruguai, Lodeiro tem passagens pelo futebol holandês (Ajax), brasileiro (Botafogo e Corinthians) e argentino (Boca Juniors). Pela seleção, conquistou uma Copa América, em 2011, e disputou duas Copas do Mundo. Ao todo, marcou cinco gols e deu 10 assistências em 60 jogos.

Vestindo as cores do Seattle Sounders, Nico conquistou a Major League Soccer em duas oportunidades, nos anos de 2016 e 2019. Além disso, foi campeão da Concachampions, disputando o Mundial de Clubes, em 2022. Pelo Seattle, Lodeiro marcou 58 gols e distribuiu 95 assistências, em 231 partidas.

Orlando anunciou Angulo, ex-Palmeiras

Na manhã da última quarta-feira (3), o Orlando City anunciou a contratação, em definitivo, de Iván Angulo, ex-Palmeiras. O colombiano assinou até o fim de 2025, com opção de renovação por mais um ano.

Na negociação pelo jogador, os Lions aceitaram pagar US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 7 milhões na cotação atual) de forma parcelada.

VEJA TAMBÉM:

+ MLS: Griezmann revela desejo de se juntar a Messi nos Estados Unidos

++ MLS: Suárez acerta ida ao Inter Miami e volta a se reunir com Messi

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".