MLS 2023: confira os brasileiros que estão na disputa

André Merice | 01/03/2023 - 06:00

A temporada 2023 da Major League Soccer começou a todo vapor. Além de grandes equipes e craques europeus que cada vez mais marcam presença na terra do tio Sam, há também diversos talentos brasileiros em ação.

Para os torcedores relembrarem alguns craques do Brasil que agora desfilam seus talentos em solo americano, o Quinto Quarto preparou uma galeria de foto com os atletas brazucas que fazem parte da disputa.

Na edição 2023 da MLS, a 30ª da história da competição, 34 brasileiros estão em 17 das 29 equipes estadunidenses e canadenses, entre velhos conhecidos do torcedor e alguns nomes mais desconhecidos. Até agora. Confira abaixo:

Atlanta United

› Matheus Rossetto:

Cria do Athletico-PR, o meio-campista chegou ao Atlanta em 2020. Ao todo, participou de 65 partidas, e não marcou nenhum gol.

› Luiz Araújo:

Revelado pelo São Paulo, o atacante desembarcou nos Estados Unidos no ano de 2021, após passagem pelo Lille, da França. Vestindo as cores do Atlanta, foram 46 jogos, com dez gols marcados.

 

Charlotte FC

› André Shinyashiki:

O atacante surgiu no Nacional, de São Paulo. Muito jovem, mudou-se para a América do Norte, onde se tornou, de fato, jogador profissional. Seu primeiro clube, em solo americano, foi o Colorado Rapids, onde atuou até o último ano, antes de se transferir para o Charlotte.

› Vinicius Melo:

Considerado uma das grande joias do Internacional nos últimos anos, o atacante foi adquirido pelo Charlotte em dezembro de 2022.

 

Colorado Rapids

› Max:

Em solo brasileiro, tem passagens por Flamengo e Cuiabá. Pelo Colorado Rapids, acumula 26 partidas, mas ainda não marcou.

Cincinatti FC

› Brenner:

Revelado pelo São Paulo, o atacante esteve emprestado ao Fluminense durante sua passagem no Brasil. O seu sucesso, no entanto, foi pelo Tricolor Paulista. Por lá, marcou 26 gols em 73 jogos.

› Sérgio Santos:

Antes de chegar ao Cincinatti, Santos vestiu as cores do Philadelphia Union. No total, entrou em campo 78 vezes, tendo marcado 22 gols.

DC United

› Ruan:

Em 2019, o lateral-direito assinou com o Orlando City, por empréstimo de um ano. Ele fez 28 partidas em todas as competições, e teve seu nome na Equipe da Semana da MLS três vezes.

FC Dallas

› Geovane Jesus:

Revelado pelo Cruzeiro, o lateral foi negociado com o Dallas FC, onde assinou por quatro temporadas. A Raposa ficou com 25% dos direitos do jogador na negociação, o que rendeu cerca de R$ 8 milhões.

Houston Dynamo

› Artur:

No Brasil, o meio-campista soma passagens por Bahia, Juventus-SC e São Paulo, seu último clube antes de se transferir para a Major League Soccer. Na terra do Tio Sam, atuou também pelo Columbus Crew.

Inter Miami

› Gregore:

Revelado pelo São José dos Campos, o meio-campista se destacou atuando pelo Bahia, antes de ser comprado pelo Inter Miami, em 2022. O brasileiro também teve uma breve passagem pelo Santos, em 2016.

› Jean Motta:

Antes de chegar aos Estados Unidos, o meio-campista, que às vezes atua como lateral-esquerdo, atuou pelo Fortaleza e, mais recentemente, pelo Santos.

La Galaxy

› Douglas Costa:

Seu último clube foi o Grêmio, onde foi revelado. No Tricolor Gaúcho, em sua segunda passagem, foram 28 partidas, três gols e duas assistências.

New England Revolution

› Maciel:

Cria do Botafogo, do Rio de Janeiro, jogou pelo time sub-20 e pelo Campeonato Brasileiro sub-20 de 2019. Em janeiro de 2020, ele se transferiu para o New England Revolution, clube que está até hoje.

New York City

› Thiago Andrade:

Começou sua carreira no Fluminense antes de se mudar para Portugal e ingressar no Portimonense. Após a passagem em Portugal, ele logo voltou ao Brasil para reforçar o Bahia, antes de ser adquirido pelo New York City.

› Gabriel Pereira:

Cria do Terrão, no Corinthians, o atacante deixou o Parque São Jorge em 2021, sendo comprado pelo Grupo City e colocado no time americano. São 33 jogos pelo New York, com nove gols.

› Talles Magno:

Revelado pelo Vasco, o meia-atacante chegou ao New York City em 2021. No total, são 46 partidas e 11 gols marcados.

› Thiago Martins:

Com passagens pelo Palmeiras, Bahia e Japão, o defensor foi comprado no último ano pela equipe americana.

New York Red Bulls

› Carlos Coronel:

Iniciou sua carreira nas categorias de base do Red Bull Brasil. Em seguida, foi para o Red Bull Salzburg, antes de chegar na MLS.

› Elias:

O atacante surgiu no Guarani e, pouco tempo depois, foi comprado pelo Grêmio. Na última janela, ele foi emprestado para o New York Red Bulls, sendo adquirido em definitivo recentemente.

› Luquinhas:

Com passagens pelo futebol português, o meia-atacante chegou ao New York Red Bulls na última temporada. Vestindo as cores da equipe americana, são 30 jogos e cinco gols.

Orlando City

› Felipe Martins:

O meio-campista chegou a Major League Soccer em 2012, quando foi contratado pelo Impact de Montreal. Acumula passagens por New York Red Bulls, Vancouver, DC United e Austin FC.

› Rafael Santos:

Revelado pelo Cruzeiro, o lateral foi adquirido recentemente pelo Orlando City.

› Antonio Carlos:

No Brasil, tem curta passagem pelo Palmeiras. No Orlando City, está desde 2020.

Portland Timbers

› Evander:

Revelado pelo Vasco, o meia-atacante acumula passagem pelo FC Midtjylland, antes de chegar no Portland Timbers.

› Nathan Fogaça:

Passou pelas categorias de base do Coritiba e foi convocado para a seleção sub-19, em maio de 2018. Em abril de 2022, Fogaça assinou um contrato de dois anos com o Portland Timbers.

Saint Louis City

› João Klauss:

Com passagens pelo futebol alemão, austríaco e belga, o brasileiro chegou ao Saint Louis na última temporada.

San Jose Earthquakes

› Rodrigues:

No Brasil, o zagueiro defendeu as cores do Grêmio, antes de ser negociado com a equipe norte-americana.

› Nathan:

Revelado pelo Palmeiras, acumula passagens por Criciúma, Chapecoense e, mais recentemente, o FC Zurich, da Suíça.

› Judson:

O meio-campista foi emprestado ao San Jose em 2019, sendo adquirido em definitivo no ano seguinte. Tem passagem breve passagem pelo Corinthians.

› Daniel:

Cria do Inter, o goleiro deixou o clube gaúcho na última temporada. Pelo San Jose, atuou apenas uma vez desde que chegou.

Seattle Sounders

› João Paulo:

Campeão carioca pelo Botafogo, o meia-atacante chegou ao Seattle em 2020, por empréstimo. Com as grandes atuações, foi comprado. São 73 jogos e oito gols marcados.

› Léo Chu:

Desde 2021 no Seattle Sounders, o atacante entrou em campo 15 vezes, com dois gols marcados e uma assistência.

› Heber:

Negociado com o Seattle Sounders FC no fim do ano passado, fez sua estreia pelo clube no Mundial de Clubes de 2022, e mais tarde marcou em sua primeira partida na MLS, contra o Colorado Rapids.

 

VEJA TAMBÉM:

+ Apostas MLS: aprenda a apostar na Major League Soccer

+ Confira os artilheiros brasileiros da MLS

+ Palpites da MLS hoje!

 

  • Quais equipes não contam com jogadores brasileiros?

Philadelphia - Foto: Divulgação / SUSA / Icon Sport
Philadelphia – Foto: Divulgação / SUSA / Icon Sport

Ao todo, 12 equipes não contam com jogadores brasileiros: Austin, Montreal, Chicago, Columbus, LAFC, Minnesota United, Nashville, Philadelphia, Real Salt Lake, Sporting Kansas City, Toronto FC e Vancouver.

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".