Inter Miami decepciona, é eliminado na Concachampions e está fora do ‘Super’ Mundial

Márcio Júnior | 11/04/2024 - 12:02

Nem Messi e Suárez foram capazes de evitar a eliminação do Inter Miami na Concachampions. Pelo segundo jogo das quartas de final da competição continental, a equipe norte-americana voltou a ser derrotado pelo Monterrey, do México, desta vez por 3 a 1, e deram adeus ao sonho de disputar o Super Mundial.

Com gols de Brando Vázquez, Germán Berterame e Jesús Gallardo, os mexicanos ampliaram a vantagem conquistada no jogo de ida, quando venceram por 2 a 1, e despacharam o Inter Miami, que descontou com Diego Gómez, no fim do segundo tempo. Para Messi e companhia, reverter a desvantagem do primeiro jogo e conseguir a classificação para a semifinal da Concachampions significava também manter vivo o sonho de disputar o Super Mundial da FIFA.

A competição, que vai estrear em 2025, será disputada nos Estados Unidos entre os dias 15 de junho e 13 de julho. Dos times norte-americanos, apenas o Seattle Sounders está garantido na nova competição da FIFA, já que venceu a Concachampions em 2022. Além da franquia de Seattle, o Columbus Crew, que se classificou para a semifinal da Concachampions, também tem chance de disputar o torneio.

Ao todo, 32 times disputaram o novo torneio, que tem um formato muito parecido com a Copa do Mundo, e também deve acontecer a cada 4 anos. As equipes serão distribuídas em oito grupos com quatro times cada que se enfrentam em turno único. Os dois melhores de cada grupo avançam às oitavas. Toda a fase final será disputada em jogo único.

Falha bizarra do goleiro define eliminação do Inter Miami na Concachampions

A tarefa do Inter Miami na noite da última quarta-feira (10) não era das mais fáceis. Após ser derrotado por 2 a 1 em casa no primeiro jogo das quartas de final, precisava reverter essa diferença agora jogando com a pressão contra no Estádio BBVA, casa do Monterrey. E a situação ficou ainda pior quando o goleiro Callender falhou de forma bizarra e deixou o que era difícil, quase impossível.

Aos 30 minutos do primeiro tempo, o Inter Miami foi tentar sair da pressão do Monterrey e começar a jogada desde a sua defesa. Mas por um vacilo de Callender, que entregou de bandeja a bola nos pés de Brando Vázquez, que só teve o trabalho de empurrar para as redes, a situação começou a desandar.

A essa altura, o Inter Miami precisava correr atrás para tirar dois gols de vantagem do adversário, mas esbarrava na falta de criatividade das suas principais peças. Presos na forte marcação dos mexicanos, Lionel Messi e Luiz Suárez não estavam tendo um dia tranquilo, o que deixava ainda mais distante uma possibilidade de reação.

Os muitos erros de passe, principalmente na construção de saída de bola da franquia de Miami, dava liberdade e muitas oportunidades de gol para os donos da casa ampliarem o marcador. E logo no início do segundo tempo Germán Berterame tratou de aproveitar a chance que teve para marcar um golaço e fazer o 2 a 0.

Não demorou muito para sair o terceiro. E mais uma vez em outro erro de saída de bola do Inter Miami. Desta vez, Diego Gómez tentou sair jogando e deu um presentaço para o meia Jesús Gallardo, que tabelou e entrou na área para fechar o placar.

Antes do apito final, o Inter Miami até consegui descontar com o gol de Diego Gómez, depois da boa cobrança de falta de Messi, mas não foi o suficiente para evitar a eliminação.

Próximo jogo do Inter Miami

Eliminado da Concachampions, o Inter Miami agora volta as suas atenções exclusivamente para a MLS. No próximo sábado (13), a equipe entra em campo, contra o Sporting KC, no Arrowhead Stadium, em Kansas, a partir das 21h30. Terceiro colocado na Conferência Leste com 12 pontos, o time já soma cinco jogos sem vencer, três deles na MLS.

Desde a vitória por 3 a 1 contra o DC United, no último dia 16 de março, foram apenas dois pontos somados, nos empates contra New York City FC e Colorado Rapids, e uma goleada sofrida contra o NY Red Bulls.

Escrito por Márcio Júnior
Márcio Júnior é baiano formado pela Faculdade Regional da Bahia. Cobriu de carnaval a Copa do Mundo na TVE Bahia, onde venceu o prêmio de reportagem do mês. Apaixonado por futebol, NBA, NFL e games de história. Torcedor do Bahia e Los Angeles Lakers. Passei pela ALBA, Rádio Educadora, Superesportes e Trivela. No Quinto Quarto desde julho de 2023.