Concachampions: time choca o mundo, faz história e encara LAFC em final

Igor Ribeiro | 04/05/2023 - 13:00

O Los Angeles FC (LAFC) venceu o Philadelphia Union por 3 a 0 e apenas esperou seu rival na final da Concachampions ser definido do confronto entre León e Tigres, ambos os times do México. O que ele não esperava, contudo, é que a história seria feita.  

O Leon era zebra no duelo contra o Tigres. Com poder financeiro mínimo comparado aos rivais, a equipe demonstrou sua força e chocou o mundo ao reverter um resultado adverso de 2 a 1.  

VEJA TAMBÉM 

+ Concachampions: LAFC vai à final e fica perto de duelo com brasileiros

Na madrugada da última quinta-feira (04/05), eles fizeram valer a força de sua torcida e venceram por 3 a 1. Com isso, o time está na grande final pela primeira vez em sua história e enfrenta o LAFC.  

Quem vencer a final da Concachampions, prevista para acontecer em 31 de maio e 4 de julho, em disputa de ida e volta, estará automaticamente classificado para duas edições do Mundial de Clubes — em 2023 com formato atual e em 2025 na super edição que conta com 32 equipes. 

León bate o Tigres e faz história na Concachampions 

A partida reservou um misto de emoções aos torcedores do León, que foram em peso no Estádio León. Com apenas 10 minutos, Fidel Ambríz anotou um bonito gol de esquerda. Logo depois, Ángel Mena aproveitou rebote e aumentou a vantagem. 

O resultado já seria suficiente para colocá-los na grande final. Porém, Raymundo Fulgencio chamou a responsabilidade e diminuiu para o Tigres aos 23 do segundo tempo.  

Automaticamente, o clima no estádio mudou. As lembranças de caídas em temporadas anteriores voltaram a aparecer para os torcedores. Um herói improvável, porém, apareceu. Já aos 35, após jogada de escanteio, o zagueiro Adonis Frías — que acabou de chegar à equipe vindo do Defensa y Justicia — apareceu na segunda trave e marcou o gol histórico da classificação.