MLB

Mariano Rivera é o primeiro a entrar no Hall da Fama com 100% dos votos

Mariano Rivera, ex-fechador do New York Yankees

(Crédito: Instagram/reprodução)

Mariano Rivera fez história como fechador do New York Yankees e, nesta terça-feira, ele voltou a colocar o seu nome na história do beisebol. Além de ter recebido a notícia que é um dos quatro novos integrantes do Hall da Fama, o ex-arremessador panamenho se tornou o primeiro a ser eleito para Cooperstown com 100% dos votos dos eleitores. Ken Griffey Jr., da classe de 2016, era o ex-atleta com a ser eternizado com mais votos anteriormente (99,32%). O ex-closer ganhou a honraria em seu primeiro ano de elegibilidade.

Ao longo de seus 19 anos de carreira (1995-2013), o último camisa 42 (número do lendário Jackie Robinson que é aposentado em toda a Major League Baseball) da história do beisebol sempre vestiu as listras azuis no uniforme branco da franquia do Bronx, time com o qual conquistou a World Series em cinco oportunidades (1996, 1998, 1999, 2000 e 2009).

MVP da World Series de 1999 e da ALCS de 2003, Mariano Rivera é de longe um dos melhores relivers da história. Com um cutter fatal, ele lidera da liga em saves (652) e dá o nome ao prêmio de melhor pitcher de bullpen da Liga Americana. O ex-fechador liderou a MLB em saves em três oportunidades (1999, 2001 e 2004), foi 13 vezes All-Star e ganhou oito prêmios de melhor reliever.

Mo, que sempre entrava em campo com a música Enter Sandman, teve ERA na carreira de 2,21, WHIP de 1 e somou 1.173 strikeouts em 1.283 2/3 entradas. Na pós-temporada, ele tem o incrível ERA de 0,70, além de 42 saves em 47 oportunidades e 110 strikeouts em 141 innings.

Comments
To Top