MLB

Justin Verlander revela que teve depressão e afirma: Kate Upton salvou minha carreira

Justin Verlander e Kate Upton

(Crédito: Instagram/reprodução)

Justin Verlander, ace do Houston Astros que está em outra temporada de All-Star, afirmou que sua esposa, a modelo Kete Upton, salvou a sua carreira.

“Ela foi uma ferramenta para eu não… tipo, pular da ponte. Eu estava deprimido e meio que chateado com o mundo e tentando lidar com a minha própria besteira”, revelou o jogador de 35 anos, que irá ser pai.

Em 2014, o pitcher MVP e Cy Young da Liga Americana da temporada de 2011 achou que sua carreira tinha acabada. Jogando pelo Detroit Tigers, seu ERA estava alto, seu número de vitórias estava baixo e seu número de corridas cedidas era o maior de toda da American League. Em agosto, o treinador do time de Michigan o chamou e mandou ele realizar uma ressonância magnética. Verlander, que tinha 31 anos, parou nas escadas e chorou.

“Eu realmente pensei que era o fim”, afirmou.

Naquele momento, Verlander estava há dois anos com Upton. Ele contou que, como uma modelo que vive sua própria vida nos olhos do público, Upton entendia a pressão e a crueldade dos críticos. Ela também conhecia os problemas físicos que poderiam arruinar uma carreira.

“Ela obviamente lidou com isso mais do que eu na sua vida. Quero dizer, ser uma mulher. estar em uma indústria, ser famosa. Esse foi um nível que eu não lidei”, declarou antes de revelar que sua esposa o ajudou a entender que ele precisava de ajuda. “Eu não conversava com as pessoas sobre estar lesionada. Como atleta, eu supostamente não devo fazer isso. Isso é uma desculpa… mas ela era alguém com quem eu poderia falar. Quero dizer, basicamente uma terapeuta”.

Justin Verlander disse que ele começou a se tratar com um especialista que o ajudou a se recuperar fisicamente. Ele trabalhou para mudar a forma como arremessava e, em 2016, quando estava pronto, foi trocado para o Houston Astros.

Comments
To Top