Coluna Bullpen

Há 120 anos nascia “Babe” Ruth

George Herman “Babe” Ruth é a cara do beisebol. Seu rosto circular e sua habilidade de chamar atenção (confusão) fizeram dele uma lenda rodeada de lendas.

“Babe” Ruth nasceu há 120 atrás, no dia 6 de fevereiro de 1895, ou pelo menos é que o próprio jogador desvendou após acreditar por anos que tinha nascido no dia 7. Vários fatos sobre a vida do astro não são claros. Nem o nome completo do “Bambino” é um consenso entre os historiadores.

Sua vida simples em Baltimore deixou poucos documentos para a total reconstrução da vida do jogador. O que é muito claro e bem documento é a vida profissional de Ruth. Sem dúvida alguma, ele foi o primeiro grande nome do beisebol mundial, e não só pela sua habilidade.

Batedor de home run e arremessador dos mais complicados de se enfrentar, Ruth foi pioneiro em diversas práticas dentro do mundo esportivo, não só dentro do beisebol. Ele foi o primeiro esportista a contratar um assessor (Christy Walsh) e um personal trainer.

Ruth nunca foi um crítico do sistema racista, mas por várias vezes foi suspenso por jogar contra times da Negro League. E mesmo com as constantes suspensões e banimentos por parte Kennesaw Mountain Landis, o então comissionário de beisebol,  Ruth não deixou de jogar contra os negros.

O temperamento de Ruth não era dos mais tranquilos e ele fazia o que dava na telha. Seu apetite pela noite, jogos de azar e mulheres era notório e não cooperou com sua saúde. O certo é que Ruth jogou com dores a maior parte de sua carreira, mas nunca foi de se lamentar.

“Babe” Ruth estava a anos luz de seu tempo. Ele jogou um beisebol moderno, enquanto o resto vangloriava o amadorismo. Seu nome está cravado na imaginação de todos os admiradores do esporte dos bastões e luvas.

Comments
To Top