Vera x Sandhagen – palpite, odds e prognóstico – UFC Fight Night – 25/3/2023

Marcelo Cartaxo | 23/03/2023 - 14:57

Marlon Vera e Cory Sandhagen duelam neste sábado (25) no maior evento de MMA do planeta. Os dois se encontram em San Antonio, no Texas, no AT&T Center, casa dos Spurs, pela luta principal do UFC Fight Night, pela categoria peso-galo (até 55kg). Confira aqui os palpites, odds e prognósticos para o evento que está previsto para começar às 20 horas.

As projeções para a luta estão bem divididas. Enquanto as casas de apostas apontam Cory como o favorito, boa parte dos previews mostra Marlon como o vencedor do confronto. Os dois lutadores são perigosos, já que Vera derrotou nomes pesados do MMA até 55 kg, enquanto Cory tem duas vitórias impressionantes sobre Frankie Edgar e Marlon Moraes.

A forma de ambos entrando no octógono é diferente, mas ainda assim é um embate daqueles que promete ser um grande espetáculo.

LEIA MAIS:

+ NFL: filho de lenda do MMA faz anúncio bombástico para futuro universitário

++ UFC 287: Adesanya está disposto a tudo para vencer revanche contra Poatan

Onde apostar?

Odds e prognósticos Vera x Sandhagen

Vera x Sandhagen Valores de odds Casa de apostas Faça sua aposta aqui
Marlon Vera para ganhar a luta 2.33 Stake Adicionar ao boleto de apostas
Para ser completado o número máximo de assaltos 1.68 Bet365 Adicionar ao boleto de apostas
Vera por decisão ou decisão técnica 6.0 Bet365 Adicionar ao boleto de apostas

As odds estão sujeitas a mudanças

Qual aposta mais recomendada para esta partida?

A luta não é apenas um encontro entre dois lutadores da divisão, mas também dois top-5 no peso-galo. Marlon Vera atualmente é o 3° no ranking, enquanto Cory Sandhagen está em 5°. São dois dos melhores lutadores do mundo até 55kg.

Marlon Vera para ganhar a luta

O equatoriano vem de uma sequência de seis vitórias nas últimas cinco lutas, sendo derrotado pela última vez em 2020 pelo lendário lutador brasileiro José Aldo. Ainda assim, a vitória foi no detalhe já que o número máximo de assaltos foi completado, e os juízes quem decidiram através das notas. Desde então, enfrentou mais alguns lutadores da elite do peso-galo como os veteranos Frankie Edgar e Dominick Cruz. Além do mais, foi o único a conseguir derrotar o irlandês Sean O’Malley.

Cory Sandhagen, por sua vez, se recuperou de duas derrotas nas últimas lutas três lutas disputadas, contra TJ Dillashaw e Petr Yan. Assim, quem chega melhor para a luta é Marlon Vera, mesmo que seja a zebra nas casas de apostas.

Para ser completado o número máximo de assaltos

Um dos grandes influenciadores desta recomendação é que nenhum dos atletas mostra uma enorme vantagem em quaisquer áreas. Porém, o mais impressionante aqui é que também nenhum dos dois chega com as fraquezas explícitas. Marlon nunca foi finalizado e Sandhagen sofreu apenas uma derrota por submissão, para Aljamain Sterling. A luta é imprevisível, mas levando em conta que são dois dos melhores lutadores do na divisão, um não se sobressai ao outro fora os recortes das lutas recentes, e não mostram tanto domínio sobre o adversário, é de se imaginar uma luta com o número completo de assaltos.

Marlon Vera por decisão ou decisão técnica

O equatoriano já mostrou que pode nocautear qualquer lutador, sendo o único a vencer a estrela emergente Sean O’Malley. É difícil imaginar Vera não conectando socos fortes, bem como o próprio Sandhagen, mas ainda assim quem leva vantagem nesta área é Vera, tendo derrotado Dominick Cruz e Rob Font de maneira brutal Ainda assim, a luta deve ficar para a decisão dos juízes também pela paridade dos dois lutadores.

Não são grandes wrestlers, mas mostram uma certa paixão pela área. São capazes de combater o adversário tanto em pé, quanto no chão, tornando a luta uma incógnita já que pode vir um grande knockout, ou uma decisão dos juízes, o que achamos que será a conclusão do embate entre os dois lutadores do peso-galo.

Foto destaque: SUSA/IconSport

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.