McGregor faz festa inusitada após evitar varrida de Chandler no TUF 31

Igor Ribeiro | 19/07/2023 - 17:00

Conor McGregor finalmente teve um motivo para comemorar no The Ultimate Fighter 31. O ex-campeão de duas divisões do UFC viu seu último representante, Rico DiSciullo, vencer Hunter Azure, do time de Michael Chandler, por nocaute no segundo round, na oitava e última luta da primeira fase do reality show. 

Com o resultado, McGregor evitou uma varrida histórica de Chandler, que já havia vencido as sete lutas anteriores.  Agora, os dois treinadores terão que definir os confrontos das quartas de final, que começam na próxima semana. 

Rico DiSciullo x Hunter Azure 

A luta entre DiSciullo e Azure foi equilibrada e sangrenta. No primeiro round, Azure conseguiu derrubar DiSciullo e dominar as ações no solo, mas sofreu um corte profundo na testa após uma cotovelada do adversário.

O sangue escorreu pelo rosto de Azure, que continuou golpeando DiSciullo até o fim do assalto. 

No segundo round, DiSciullo mostrou mais agressividade na trocação e acertou bons socos em Azure, que tentou levar a luta para o chão novamente, mas sem sucesso.

DiSciullo, então, defendeu as quedas e entrou com um golpe forte de esquerda antes de um devastador soco duplo que fez o árbitro paralisar a luta.  

Conor McGregor sai correndo e abre o champagne 

O irlandês ficou eufórico com o triunfo de seu pupilo e saiu correndo em volta do octógono, abraçando DiSciullo e os demais integrantes de sua equipe. Ele ainda estourou uma garrafa de sua marca de uísque para celebrar o feito. 

O episódio também mostrou a visita do médico chefe do UFC aos lutadores que já se apresentaram, para avaliar suas condições físicas e liberá-los ou não para as próximas fases. Alguns atletas, como Landon Quinones e Cody Gibson, receberam suspensões médicas que podem impedir suas participações nas quartas de final. 

O The Ultimate Fighter 31 conta com 16 lutadores divididos em duas categorias: peso-galo (61,2 kg) e peso-leve (até 70,3 kg). Os vencedores de cada categoria ganharão um contrato com o UFC e disputarão a final em uma data ainda a ser definida. Os treinadores Conor McGregor e Michael Chandler também devem se enfrentar em uma luta no futuro.