Lutas e MMA

Jared Cannonier x Kelvin Gastelum como aconteceu – Resultado, destaques e reação

No evento principal do UFC Vegas 34, que ocorreu neste último sábado (21) em Las Vegas, Jared Cannonier e Kelvin Gastelum, terceiro e nono colocados do ranking, respectivamente, travaram um duelo equilibrado e intenso durante todos os cinco rounds. No final, em uma decisão que chegou a dividir opiniões nas redes sociais, o “Gorila Assassino” saiu vencedor por pontos, se recuperando da derrota para Robert Whittaker, que aconteceu em outubro do ano passado, e se colocou em uma posição de destaque no topo da categoria dos pesos médios.

1° ROUND: COMEÇO EQUILIBRADO

No primeiro round, Cannonier mostrou que houve evolução em seu jogo. Com mais movimentação e variação de golpes, o “Gorila Assassino” parecia mais solto e dinâmico quando comparado a apresentações anteriores. Gastelum por sua vez utilizava seu boxe para tentar atravessar a maior envergadura do adversário, mas Cannonier seguia levando a melhor aplicando golpes a distância, alternando entre socos potentes e chutes. Na reta final do round, Gastelum tentou converter uma queda, mas não obteve sucesso e a primeira parcial da luta chegou ao fim com o soar do gongo. Apesar do equilíbrio, pontuamos 10-9 para Cannonier nesse primeiro round.

2° ROUND: A RESPOSTA DE GASTELUM

Gastelum começou o segundo round tentando novamente uma queda, mas sem sucesso. Cannonier continuou trabalhando com golpes e se movimentando para escapar das investidas do oponente. Na metade do round, Gastelum acertou um cruzado certeiro e logo em seguida tentou a queda, que foi defendida por Cannonier. Na sequência, Gastelum acertou uma combinação que fez Cannonier balançar. O “Gorila” respondeu e os dois iniciaram uma troca de golpes em pé. Na reta final, Cannonier conectou um chute alto, mas Gastelum respondeu com uma sequência de socos. Marcamos 10-9 a favor de Kelvin Gastelum.

3° ROUND: CANNONIER ENCAIXA SUA MÃO

O terceiro round começou com muita troca de golpes entre os dois. Até que Cannonier encaixou uma bomba de direita que fez Gastelum ir ao chão. O americano conseguiu se recuperar rapidamente, e suportou a pressão do adversário, que partiu para encerrar o combate. Atordoado, Gastelum tentou mais uma queda, mas Cannonier se defendeu e manteve a luta em pé, onde seguia na vantagem com golpes a distância. Gastelum cresceu na reta final pressionando Cannonier com uma sequência de socos, mas não fez o suficiente para virar o round. Cannonier vence esse round por 10-9.

4° ROUND: MAIS UM KNOCKDOWN

Cannonier partiu para cima com uma sequência devastadora de socos. Em apuros, Gastelum agarrou o oponente no clinche e o levou para a grade. Os dois voltaram para o centro do cage apresentando sinais de cansaço. Um uppercut de Cannonier entrou em cheio, Gastelum foi novamente ao chão e tentou se segurar nas pernas de Cannonier, mas sem sucesso. Os dois seguiram na troca de golpes em pé, até o soar do gongo. 10-9 para Cannonier.

5° ROUND: GASTELUM CRESCE 

Gastelum começou agressivo no último round, partindo para cima com várias sequências de socos. Cannonier respondeu com golpes diretos, mas Gastelum mergulhou em um double leg e quase conseguiu colocar o adversário de costas no chão, mas o “Gorila” se defendeu e os dois partiram para o clinche na grade. Os dois voltam para o centro do octógono e Gastelum tenta derrubar, mas novamente sem sucesso. Cannonier reclamou de um dedo no olho, mas o árbitro mandou a luta seguir. Na reta final, Gastelum colocou novamente o adversário na grade, e na separação, foi atingido por uma joelhada no rosto assim que o gongo soou. Gastelum vence esse round por 10-9.

Porém, na decisão dos juízes, foi Jared Cannonier quem saiu vencedor por decisão unânime (48-47, 48-47 e 48-47), se recuperando da derrota para Robert Whittaker e completando sua primeira luta de cinco rounds no UFC.

JARED CANNONIER X KELVIN GASTELUM – E AGORA?

Por fim, Jared Cannonier defendeu sua posição no ranking, se colocando próximo de uma disputa pelo título dos pesos médios contra Israel Adesanya. Por outro lado, Kelvin Gastelum sofreu a quinta derrota nas últimas seis lutas, e pela primeira vez em anos, deve acabar fora do top 10 da categoria.

Foto: Reprodução / Getty Imagens

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top