UFC Lutas e MMA

James Krause proibido de treinar atletas após irregularidades

James Krause proibido de treinar atletas após irregularidades

James Krause proibido de treinar atletas após irregularidades. Após uma investigação sobre o escândalo de apostas do UFC Vegas 64, o UFC decidiu proibir qualquer lutador mentoreado ou treinado por James Krause de competir por promoções. Confira detalhes.

Polêmica das apostas

A situação surgiu após a controvérsia de apostas do UFC Vegas 64 em novembro. Shayilan Nuerdanbieke recebeu dinheiro atrasado em sua luta contra Darrick Minner, que era treinado por Krause no UFC.

Em suma, os lutadores do UFC não podem mais apostar em lutas. Duas províncias canadenses proibiram as apostas no UFC e agora Krause está tendo sua licença suspensa no estado de Nevada. Para piorar a situação, os dirigentes do UFC emitiram um comunicado oficial recentemente que impedirá qualquer lutador mentoreado ou treinado por James Krause de competir na organização.

James Krause proibido de treinar atletas após irregularidades

De fato, James Krause com apenas 36 anos, tem sido considerado um dos melhores treinadores de MMA nos últimos anos. O ex peso leve e meio-médio do UFC parecia ter um longo futuro como treinador, mas após essa polêmica é bem improvável qualquer retorno. Em todo caso, a investigação continua, por mais que seja improvável ver Krause treinando no UFC futuramente.

Por fim, confira um pouco do que foi falado na declaração feita pela própria organização do UFC sobre o caso.

Após a luta envolvendo Darrick Minner em 5 de novembro de 2022, o UFC foi informado por fontes que padrões de apostas suspeitos foram observados na luta. Nas semanas que se seguiram à luta, o UFC cooperou com várias investigações do governo em andamento sobre os fatos e circunstâncias que cercam a luta. Em 18 de novembro, a Comissão Atlética do Estado de Nevada informou ao UFC e ao técnico de Minner, James Krause, que a licença de Krause foi suspensa e permaneceria assim enquanto o NSAC conduzisse uma investigação sobre o assunto.

Desde então, o UFC avisou a Krause e os gerentes que trabalham com os lutadores que, com efeito imediato, os lutadores que optarem por continuar sendo treinados por Krause ou que continuarem treinando em sua academia não terão permissão para participar de eventos do UFC. Pelo menos até o resultado das investigações do governo. Além disso, o UFC removeu Darrick Minner da organização.

Com a segurança e a saúde de seus lutadores, o UFC acredita não haver componente mais importante no MMA profissional do que a integridade do esporte. Semanas antes da luta de Minner, a organização enviou uma notificação formal a todos os lutadores e membros de suas equipes de que eles e alguns outros “insiders” definidos estavam proibidos de apostar em eventos do UFC.

Esta foi uma extensão do código de conduta do lutador pré-existente (e desde então atualizado) do UFC. Assim como um reconhecimento de várias leis e regulamentos estaduais, federais e internacionais que proíbem expressamente a conduta que ameace a integridade do esporte, da mesma forma as apostas privilegiadas com base em informações não públicas, manipulação de brigas e outras condutas impróprias.

 

Foto destaque: Divulgação/Bloody Elbow

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top