UFC Lutas e MMA

Demetrious Johnson revela porquê saiu do UFC

Demetrious Johnson revela porque saiu do UFC

Demetrious Johnson revela porquê saiu do UFC. Em resumo, Demetrious hoje é campeão na categoria mosca do ONE Championship e é considerado um dos melhores na história desta divisão. O ex-campeão do peso mosca pelo UFC revelou o motivo de ter deixado a organização de MMA mais popular dos últimos anos.  Confira detalhes.

Demetrious Johnson revela porquê saiu do UFC

A saber, o americano de 36 anos marcou seu nome no UFC ao se tornar o primeiro campeão da divisão mosca na história da organização. A título de informação, esse marco aconteceu contra Joseph Benavidez em setembro de 2012 pelo UFC 152 após decisão unânime.

O americano tem um cartel de respeito, isto é, são 31 vitórias e quatro derrotas no MMA, enquanto nos tempos de UFC registrou 15 conquistas, um empate e duas derrotas.

Mesmo sendo considerado o maior peso mosca na história do MMA para muitos, Johnson revelou que fazia pouco dinheiro em suas lutas no UFC. No início Demetrious pensou que as renovações pudessem melhorar com o tempo, especialmente se tornando campeão e realizando defesas de cinturão.

No entanto, segundo o próprio lutador, as negociações com o UFC não rendiam grandes cifras, cifras essas que campeão acreditava merecer, afinal, era o campeão indiscutível de sua divisão.

“Quando lutei contra Dominick Cruz eu tinha um contrato, acho que estava lutando por US$ 14.000 e mais US$ 14.000 em caso de vitória. E então consegui um novo contrato…

Acho que fui aumentado em US$ 20.000 por exibição e o mesmo valor para cada vitória.” – disse o americano em transmissão via Twitch.

Segundo Demetrious, um certo lutador o fez enxergar as coisas

De acordo com Johnson, houve novas renovações em seus contratos com o UFC, mas todos muito abaixo do que entendia ser merecido. O então campeão revelou que após o aumento contratual de US$ 20.000 por luta fixos, Demetrious recebeu atualização para US$ 23.000. E assim se seguiu em mais duas novas renovações (US$ 26.000 e US$ 30.000).

Johnson ainda falou sobre a tentativa do UFC em promover luta de campeão contra campeão. A saber, seria uma luta contra do dono do cinturão peso galo, TJ Dillashaw. Porém, até neste contato, Demetrious não receberia muito dinheiro, por isso declinou a proposta.

“Quando eles tentaram me forçar a lutar contra Dillashaw, eu pensei, ‘Sim, me pague milhões de dólares e eu farei isso. Esta é uma super luta, ganharemos um super dinheiro.' Eles nunca quiseram fazer isso.

“Estou indo para minha sétima ou oitava defesa de título consecutiva, você tem o maldito CM Punk (Conor McGregor) aqui que está ganhando 500 contos (US$ 500.000) e é sua segunda luta no UFC. Foi daí que veio aquele start de mudança.”

Por fim, Demetrious Johnson revelou que se sentia frustrado também, pois não tinha um valor similar com pay-per-view. E toda a problemática se acumulou com a demora para firmar um contrato de campeão com a organização (foram preciso três defesas de cinturão para uma atualização de apenas US$ 125.000 por luta e US$ 50.000 em vitórias).

+ confira também: Francis Ngannou abre o jogo sobre falha na renovação com o UFC

 

Foto destaque: Divulgação/ONE Championship

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top