UFC Lutas e MMA

Adesanya afirma que deseja revanche contra Alex Pereira

Adesanya afirma que deseja revanche contra Alex Pereira

Adesanya afirma que deseja revanche contra Alex Pereira. O agora ex-campeão prontamente declarou seu desejo de lutar de novo contra Alex Poatan Pereira pelo cinturão dos médios no UFC. A saber, esse seria o quarto duelo dos dois. Fato é que o presidente da organização UFC, Dana White, já deu sua impressão sobre essa possibilidade e pode ocorrer uma revanche imediata para 2023. Confira detalhes.

Adesanya afirma que deseja revanche contra Alex Pereira

Após nocaute técnico, o brasileiro sagrou-se campeão dos médios (84kg) no último final de semana, entrando para história da mais famosa organização de MMA no mundo como o vigésimo campeão brasileiro em todos os tempos.

Na coletiva de pós-luta, Israel Adesanya deixou bem claro seu desejo de revanche. Pereira já respondeu que não tem problema de fazer revanche com Adesanya, o que seria a quarta luta dos dois. Dana White também não vê motivos para fazer diferente. A princípio, esta luta poderá acontecer já em 2023.

“… Não descartaria uma revanche imediata. Israel estava absolutamente confiante, nunca pareceu que ele estava com medo ou preocupado. E ele estava ganhando! Se ele tivesse sido um pouquinho mais agressivo no quarto round, quem sabe o que aconteceria!”

Se ninguém tem problemas com isso, o que falta? Parece que é apenas questão de tempo para as propostas chegarem. Apesar de Poatan não se importar com uma revanche imediata, o novo campeão confessou ao canal do Youtube Ag. Fight que quer descansar um pouco. Mas somente um pouco, pois não quer ficar muito tempo parado.

“… (o evento em janeiro de 2023) No Brasil tá muito perto. Quero descansar um pouquinho e curtir isso daqui também, mas eu não quero demorar também muito não.”

Adesanya diz que obviamente quer a revanche

Em resumo, o ex-campeão deixou claro seu desejo de revanche e, na verdade, essa hipótese já era comentada em caso de derrota. Feita a pergunta de praxe, Adesanya foi muito claro:

“Claro, claro… qual é, cara? Tenho feito isso… essa é minha terceira luta em dez meses. Toda vez que luto, corro o risco de perder o que vocês consideram como, e o que de fato é (o cinturão), o que tem de maior prestigio. Mas, na verdade, eu me coloco nessas situações porque não quero lutar uma vez e ficar enrolando para a próxima (defesa de cinturão).”

Por fim, quando perguntado se achava que a luta seria mais difícil que na época de kickboxing devido as variadas armas disponíveis no MMA, Adesanya respondeu:

“Não, eu sei do que sou capaz. Ele acertou o nervo do meu tornozelo, por isso meu jogo de pés ficou comprometido. Isso me custou (a luta). [Perguntado se já havia agradecido aos seus apoiadores pela energia, Israel deu sua resposta.] … Já já, fiz questão de que eles soubessem que ainda estou aqui… como naquele filme (Lobo de Wall Street) ‘Não estou saindo!' É isso, ainda estou aqui. Não estou indo a p**** de lugar algum.”

 

Foto destaque: Divulgação/MMA Junkie – USA Today

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top