UFC: Chael Sonnen critica e pede cancelamento de luta eliminatória por cinturão

Matheus Costa | 28/04/2023 - 21:45

O UFC decidiu marcar a luta entre o ex-campeão Robert Whittaker e Dricus Du Plessis para definir o próximo desafiante ao cinturão dos médios de Israel Adesanya. No entanto, segundo Chael Sonnen, a organização cometeu um grande erro ao casar o confronto para o UFC 290 e deveria cancelar o confronto – enquanto há tempo.

VEJA TAMBÉM

Vitor Belfort rebate grave acusação de Michael Bisping: ‘Recalcado’

++ Nate Diaz se entrega à polícia após agredir homem na rua

Em seu canal no Youtube, Sonnen afirmou que o UFC não deveria colocar Whittaker no meio, mas sim inserir Du Plessis direto na disputa de cinturão contra Adesanya devido as constantes provocações entre ambos nas últimas semanas. Chael afirmou que a organização deveria cancelar a luta marcada no UFC 290.

– Ainda não é tão tarde. Não deveríamos ter Du Plessis vs. Adesanya, pessoal? O Izzy disse: ‘eu não vou enfrentar ninguém até eu lutar com ele’. O “Izzy” não liga se ele não vencer o Whittaker. Até porque o Izzy acha que o Whittaker vai vencer o Du Plessis. O Izzy não liga se ele estiver vindo de derrota ou até de uma derrota humilhante por um nocaute. Ele quer enfrentá-lo na próxima luta -, afirmou.

Nascido na África do Sul, Dricus du Plessis iniciou sua rivalidade ao afirmar que caso ele vença o cinturão do UFC se tornaria o primeiro legítimo lutador africano a ser campeão da organização. O nigeriano Adesanya se ofendeu, afirmou que os comentários do rival foram fruto de ignorância e a rivalidade começou com diversas ofensas dos dois lados.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.