UFC: Poatan confirma luta, revela estratégia e diz o que pensa sobre rival

Igor Ribeiro | 17/05/2023 - 11:30

Alex Poatan já tem data e rival marcados para sua próxima luta no octógono do Ultimate. O brasileiro, que se destacou no topo do peso-médio (até 83,9 kg), enfrenta o ex-campeão Jan Blachowicz em sua estreia nos meio-pesados (até 93 kg). A luta acontece na edição de número 291, prevista para o dia 29 de julho. 

Em vídeo publicado no canal do YouTube, Poatan confirmou a assinatura de contrato para enfrentar Blachowicz, destacou as qualidades do adversário e revelou ter um trunfo a mais para uma eventual vitória. Seu mentor, Glover Teixeira, já encarou e venceu o polonês no passado.  

LEIA TAMBÉM 

+ UFC 291: Poirier faz revanche com Gaethje e Poatan estreia em nova categoria

++ UFC 292: Sterling enfrenta O’Malley e brasileira ganha chance por cinturão

— Ele é um cara perigoso e experiente. A gente conhece, por causa do meu companheiro de treinos, Glover Teixeira. Tenho certeza de que, treinando forte e junto com o Glover, ele vai passar muita coisa, como sempre faz. Todos sabem que Blachowicz é perigoso e uma boa primeira luta pra mim — 

Alex também diz acreditar que, caso saia com os braços erguidos, já pode ter a chance pelo título da nova categoria. O UFC, portanto, teria respeitado sua história e trajetória como campeão dos pesos-médios para colocá-lo contra outro lutador que já esteve no topo da divisão.  

— Quando digo a primeira luta, alguns podem pensar que é um adversário fácil, mas não. Todos conhecem minha história. Fui campeão dos médios. Então, com certeza, eles queriam me dar um dos 5 primeiros classificados — 

Surpresa? Que nada… 

O anúncio bombástico feito pelo UFC passou por um processo sigiloso, mas não surpreendeu Poatan. O ex-campeão garante que não se chocou com a escolha para ficar frente a frente com Blachowicz, já que negociava uma luta diante do polonês há algum tempo.  

— Para mim não foi uma surpresa. Estávamos negociando há algum tempo. Eu estava esperando por ele. Então é isso. Estou feliz com a luta. Agora é focar na minha formação e continuar com o trabalho que estou fazendo — 

Retrospecto de Poatan e Blachowicz 

Alex Poatan, de 35 anos, soma um cartel de sete vitórias e duas derrotas no MMA. Ele já havia construído sua trajetória também no kickboxing, modalidade em que se tornou lenda e teve grandes feitos – como duplo campeão no GLORY e título do WGP Kickboxing.  

Aos 40, Jan Blachowicz está na reta final de sua carreira, mas ainda tem valor para a organização. Em sua carreira, são 29 vitórias, nove derrotas e um empate, além de ocupar a terceira colocação no ranking dos meio-pesados.