Lutas e MMA

PFL distribui em uma noite 6 milhões de dólares entre os campeões da temporada 2021

Em seu principal evento do ano, a Professional Fighters League (PFL) conheceu na noite da última quarta-feira (27) seus seis novos campeões. Um evento marcado pela grande performance que resultou em três conquistas para o MMA brasileiro, dentro o total de seis campeões da temporada 2021 da PFL. Raush Manfio, Antônio Cara de Sapato e Bruno Cappelozza deram show em suas lutas e conquistaram os cinturões peso-leve (até 70,3 kg), meio-pesado (até 93 kg) e peso-pesado (até 120,2 kg), respectivamente.

O gaúcho Raush Manfio fez uma grande luta contra o tajique Loik Radzhabov, vencendo o duelo por decisão unânime (48-46, 48-46 e 49-46). Pra quem não sabe, o atleta da American Top Team só entrou no torneio porque Olivier Aubin-Mercier sofreu uma lesão de última hora e acabou tendo que ser substituído. Assim, surgiu a grande oportunidade da carreira do gaúcho, que não desperdiçou. Raush enfrentou adversários duríssimos e venceu todos eles, incluindo o ex-campeão do UFC, Anthony Pettis.

Por outro lado, Antônio Cara de Sapato chegou ao torneio após ter se desligado do UFC. No entanto, o brasileiro chegou como um dos favoritos ao título e não decepcionou. O paraibano conquistou o título dos meio-pesados da PFL com uma trajetória impecável, com três vitórias e um no contest. Na grande final, finalizou Marthin Hamlet com um mata-leão e levou pra casa o prêmio de um milhão de dólares.

A alegria da conquista acompanhada por uma notícia avassaladora

Por fim, o implacável Bruno Cappelozza havia vencido todos os seus três adversários anteriores via nocaute até chegar a grande decisão. Na final, fez uma batalha épica contra o duríssimo croata, Ante Delija. Eles já haviam se encontrado na primeira luta e Bruno o derrotou com um nocaute logo no primeiro round. Entretendo, na grande final Ante Delija mostrou muita resiliência e aguentou um bombardeio do brasileiro por quatro rounds. No segundo, o croata esteve perto da vitória, mas Bruno bravamente resistiu a duros golpes que quase levou o árbitro a interromper a luta. No final, Cappelozza sagrou-se campeão peso-pesado da PFL.

A alegria pela conquista do cinturão e do prêmio veio acompanhada pela tristeza de uma notícia dura que Bruno recebeu após a luta. Seu pai, João Roberto Cappelozza, faleceu no domingo e o filho não havia recebido a notícia por decisão da família e da equipe, conforme apurou o Canal Combate.

Outros Campeões da PFL 2021

A grande favorita da noite não decepcionou, Kayla Harrison venceu Taylor Guardado por finalização aos 4m00 do terceiro round e garantiu o cinturão peso-leve feminino. Aliás, quem surpreendeu foi Ray Cooper III que derrotou o favorito Magomed Magomedkerimov por nocaute aos 3m02 do terceiro round e garantiu o título de campeão peso meio-médio da PFL. Por fim, Movlid Khaybulaev dominou o combate e derrotou Chris Wade por decisão unânime dos juízes com um triplo 50-45 e sagrou-se campeão peso-pena da organização.

Foto Destaque: Reprodução / PFL

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top