UFC: Gilbert Durinho faz chantagem por luta pelo cinturão

Igor Ribeiro | 09/04/2023 - 15:30

Na luta co-principal do UFC 287, realizado no último sábado (8/4), Gilbert Durinho dominou, venceu e aposentou Jorge Masvidal na decisão unânime dos juízes. E, agora, o foco é o topo dos meio-médios (até 77 kg).

Em entrevista pós-evento, Durinho fez uma ‘chantagem’ ao Ultimate e exigiu uma chance pelo cinturão dos meio-médios, que pertence a Leon Edwards. O brasileiro ainda pediu para, caso não tenha uma nova oportunidade, que a organização o libere de seu contrato.

VEJA TAMBÉM

+ Dana White fala sobre possível trilogia entre Adesanya e Poatan

++ ‘Preciso descansar’: Poatan rompe silêncio após ser nocauteado no UFC

– Eu estou exigindo. Não vou lutar com mais ninguém. Se não forem dar uma chance pelo título, me deixem ir embora. Está na minha cabeça agora. Venho lutando contra qualquer um e qualquer hora. Agora eu estou exigindo uma disputa de cinturão – ou me deixem sair para fazer o que sei fazer -, declarou Durinho.

Concorrência pesada para Durinho

Quinto colocado no ranking dos meio-médios (até 77 kg), Gilbert não terá facilidade para furar a fila da categoria, tendo em vista que Colby Covington já foi apontado como próximo desafiante ao título. O brasileiro pode precisar de mais uma vitória antes da aguardada chance.

Aos 36 anos, o ex-desafiante ao cinturão da categoria soma um retrospecto de 22 resultados positivos e cinco negativos, além de já ter batido nomes como  e já bateu nomes como Tyron Woodley, Demian Maia, Stephen Thompson, Neil Magny e Jorge Masvidal.