Boxe: Gervonta Davis viola acordo e cumprirá pena na prisão

Matheus Costa | 03/06/2023 - 11:51

Um dos maiores boxeadores do mundo cumprirá sentença na cadeia. Condenado recentemente a uma custódia domiciliar por 90 dias após ter sido declarado culpado em episódio que atropelou uma vítima e fugiu sem prestar socorro, Gervonta Davis foi preso na última quinta-feira (1). Ele foi levado em custódia até a delegacia de Baltimore e recebeu a ordem para cumprir o restante de sua condenação atrás das grades.

De acordo com o advogado Michael Tomko, que representa Davis no processo, Gervonta foi levado para um depoimento à juíza Alteha Handy, que optou por mudar sua condenação a ser cumprida atrás das grades de forma imediata. Na sentença, ficou acordado que Gervonta Davis iria cumprir a prisão domiciliar na casa de seu treinador, mas ficou constatado que ele violou o acordo e estava passando o tempo em sua residência em um condomínio fechado.

VEJA TAMBÉM 

UFC no Brasil: evento negociado no país tem Malhadinho na luta principal

++ UFC: Borrachinha ironiza campeã de jiu-jitsu por denúncia contra ex-marido

+++ UFC Vegas 74 tem encaradas tensas e promete empolgar brasileiros

Gervonta Davis recebeu uma sentença de dois anos no dia 5 de maio, mas teve sua condenação suspensa pelo tribunal. A pena acabou sendo revertida para 200 horas de serviços comunitários e três anos de liberdade condicional pela juíza, além de cumprir 90 dias de prisão domiciliar. Até então, o boxeador estava cumprindo a sentença na casa de seu treinador, Calvin Ford, segundo informações.

Mesmo que tenha sido responsável pela decisão de suspender a condenação na primeira vez, a juíza Alteha Handy foi bastante crítica do comportamento de Gervonta Davis durante o processo do julgamento e dos depoimentos por simplesmente não mostrar remorso pelo ocorrido ou sequer pedir desculpas.

– Três palavras: eu sinto muito. Ele não foi homem o suficiente para dizer isso. Ele não mostrou nenhum remorso -, disse a juíza durante o julgamento.

O caso teria ocorrido em novembro de 2020 durante a madrugada. Gervonta Davis teria deixado um restaurante em Baltimore em sua Lamborghini Urus SUV com uma pessoa não identificada, ultrapassou um sinal vermelho e bateu em cheio num Toyota Solara, destruindo completamente o veículo atingido. Após o acidente, Davis e outra pessoa fugiram do local à pé sem prestar socorro. As quatro vítimas foram levadas ao hospitais, sofreram lesões, mas conseguiram se recuperar no tratamento.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.