Lutas e MMA

Cain Velasquez retorna ao Lucha Libre AAA mesmo em julgamento

Cain Velasquez retorna ao Lucha Libre AAA mesmo em julgamento

Cain Velasquez retorna ao Lucha Libre AAA mesmo em julgamento. Após ser liberto da prisão no dia 8 de novembro, Cain viu a oportunidade de realizar uma aparição no evento Lucha Libre AAA. Esta foi sua primeira desde 2019, quando se aposentou após derrota no UFC contra Francis Ngannou. Confira detalhes.

Cain Velasquez retorna ao Lucha Libre AAA mesmo em julgamento

Em sua primeira aparição pública após receber fiança em seu caso de tentativa de homicídio, Velasquez participou de uma luta profissional três contra três no Lucha Libre AAA.

“Estar aqui, na frente de vocês, agora, é um sonho que se torna realidade. Eu realmente aprecio tudo, o que vocês sempre fizeram, me apoiando, minha família.”

Ex-campeão peso-pesado do UFC, Velasquez recebeu aplausos e também foi aplaudido de pé ao ir em direção à multidão para começar a grande noite. Em suma, no último sábado (3), Velasquez voltou aos ringues para o mesmo evento em que fez sua estreia no wrestling profissional ainda em 2019. O ex-campeão competiu com vários pontos altos e obteve a vitória para delírio dos fãs.

Cabe lembrar que Cain Velasquez lutou pela última vez no MMA em 2019. Na época sofreu uma derrota por nocaute para Francis Ngannou, atual campeão da categoria peso-pesado no UFC. Após aquela derrota, Cain anunciou sua aposentadoria e permaneceu assim até esta última aparição no Lucha Libre AAA.

Por fim, o ex-campeão peso-pesado do UFC se consagrou no esporte e presenteou os fãs da modalidade com vitórias memoráveis para cima de Junior dos Santos, Brock Lesnar, Cheick Kongo, Ben Rothwell, entre outros.

Julgamento de Cain

A acusação de se envolver em uma perseguição em alta velocidade com Harry Goularte ainda não foi resolvida. Em suma, Harry é acusado de molestar o filho de quatro anos do ex-lutador de MMA Cain Velásquez.

Essa tentativa deixou Cain fora de si, a ponto de, durante a perseguição, usar um revólver calibre 40 contra o carro que transportava Harry Goularte, a mãe de Goularte e seu padrasto Paul Bender. Paul foi quem sofreu com os disparos, atingido duas vezes, mas resultando em ferimentos não fatais.

Fato é que a polícia de Santa Clara acusa Goularte de tocar inapropriadamente a criança de quatro anos em várias oportunidades após uma ligação inicial de 23 de fevereiro que culminou no imbróglio em 28 de fevereiro.

Por fim, Cain Velasquez foi liberto da prisão em novembro após pagar fiança de US$ 1 milhão, porém retorna no dia 28 de dezembro para a identificação do advogado e definição do julgamento.

 

Foto destaque: Divulgação/Wrestling Observer

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top