Boxe Lutas e MMA

Mike Tyson volta a ter seu nome ligado a estupro

Mike Tyson volta a ter seu nome ligado a estupro

Mike Tyson volta a ter seu nome ligado a estupro. A saber, este caso é referente a um ato nos anos 1990. Segundo a vítima, Mike a teria violentado e atacado. A mulher relatou que o estupro aconteceu em uma limusine.

Fato é que Tyson já foi preso por estupro e conduta violenta no famoso caso Desiree Washington, que o manteve preso por três anos. Curiosamente, esta outra vítima de Mike teria sido violentada em época próxima, mas nenhuma data foi divulgada, apenas localidade e informações desse encontro. Confira detalhes.

Mike Tyson volta a ter seu nome ligado a estupro

“Eu disse não a ele (Tyson) varias vezes e pedi para ele parar, mas ele continuou a me atacar.

Ele então puxou minhas calças e me estuprou violentamente.” – palavras da vítima que preferiu não revelar sua identidade.

Em resumo, na declaração diz que Tyson buscou o contato físico, avançando rapidamente assim que a mulher estava com o corpo praticamente dentro da limusine. A partir disso, as atitudes se tornaram mais violentas. A saber, nenhum representante de Tyson ou família respondeu às acusações recentes ainda.

No entanto, Mike Tyson quase sempre teve problemas fora dos ringues. Não é apenas por arrancar parte da orelha de Evander Holyfield que Tyson é considerado polêmico. Teve grande fama ao se tornar campeão mundial na nobre arte de forma estupenda no final dos anos 1980 e início dos 1990. Era indiscutivelmente o pugilista a ser batido no seu auge.

Porém, antes da carreira afundar drasticamente, Tyson já apresentava problemas na vida pessoal com seus relacionamentos íntimos, especialmente casamentos. Até hoje, Mike teve três divórcios. O primeiro aconteceu no final dos anos 1980, sendo marcado por, segunda sua ex-esposa (a atriz e diretora de cinema Robin Givens), “violência e destruição”.

Posteriormente, Monica Turner optou pela separação em 2002. A título de informação, este foi o vínculo mais duradouro de Tyson (1997–2003). A segunda esposa alegava múltiplas traições no período em que estiveram juntos.

Enfim, em 2009, nem mesmo um ano de matrimônio, Monica Spicer aguentou para pedir o divórcio. O casamento aconteceu após o ex-pugilista sair da prisão, mas meses depois Monica pediu a separação.

Novo processo pode chegar aos US$ 5 milhões de dólares

De fato, a mulher não revelou sua identidade, mas seu advogado, Darren Seilback, afirmou que após analises do caso, as acusações são altamente confiáveis. Caso vença o processo, o valor pode chegar a casa dos US$ 5 milhões de dólares.

Enfim, a suposta vítima detalhou que conheceu o campeão numa boate em Albany, Nova York. E após ser convidada para dar sequência em festa de limusine, Tyson a estuprou. A cliente de Darren Seilback alegou que este momento de terror lhe gerou danos físicos, psicológicos e emocionais por anos.

View this post on Instagram

A post shared by LANCE! (@lancedigital)

+ confira também: Jessica Andrade pede ao UFC que revanche com Zhang Weili seja no Brasil

 

Foto destaque: Divulgação/Insider

Popular

Copyright © 2015-2023 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top