Boxe Lutas e MMA

Conor Benn promete ser campeão mundial em 2023

Conor Benn promete ser campeão mundial em 2023

Conor Benn promete ser campeão mundial em 2023. Ex-campeão de Boxe nos meio-médios WBA Continental, Conor desabafou nas redes sociais com uma declaração sobre problemas com doping que o impediram de lutar esse ano e confirmou seu objetivo de ser campeão mundial novamente em 2023. Confira detalhes.

Conor Benn promete ser campeão mundial em 2023

Em resumo, Conor Benn veio a público via redes sociais pela primeira vez após investigação em andamento sobre seu teste de doping positivo. O ex-campeão de 26 anos disse ser inocente, que sua equipe está trabalhando nessa comprovação e como essa situação impactou na saúde mental do pugilista.

Fato é que dia 6 de outubro deste ano o lutador testou positivo para a substância proibida clomifeno. Momento difícil para Conor, pois sua luta estava programada para dia 8 de outubro, dois dias depois, contra Chris Eubank Jnr.

Em suma, o clomifeno é um medicamento para a fertilidade feminina classificado como reguladores hormonais e metabólicos e pode aumentar a testosterona nos homens. Cabe ressaltar que as investigações pela UK Anti-Doping (UKAD) e pelo WBC seguem em andamento. Em todo caso, o WBC deve finalizar a investigação até o final do mês. No entanto, a UKAD não tem previsão, provável que vire o ano em andamento.

Declaração de Conor Benn e promessa de voltar ao topo em 2023

Cabe dizer que Benn manteve sua inocência desde que a notícia foi divulgada. Não falou publicamente devido à investigação em andamento. Seu promotor Eddie Hearn também não deu detalhes sobre a situação. Contudo, enfim o pugilista fez sua declaração. Logo, veja o pronunciamento completo de Benn após ser proibido de lutar com teste positivo no doping.

Quero começar dizendo que este foi um momento muito difícil – não apenas para mim, mas para minha família e minha equipe. Eu não poderia ter superado isso sem o amor e o apoio das pessoas mais próximas a mim e dos meus apoiadores que ficaram ao meu lado, sou eternamente grato.

Minha equipe e eu trabalhamos muito duro nos últimos sete anos para me tornar o lutador que sou hoje, nunca pegamos atalhos ou trapaceamos o grind de forma alguma. Acreditamos na ética de trabalho, determinação e coração puro para alcançar o que nos propusemos a realizar.

Tem sido muito difícil para mim, aceitar que as pessoas pensam que eu faria o que fui acusado, mas o que percebi é que as pessoas se apressam em julgar, sem conhecer os fatos, especialmente as pessoas da comunidade do boxe (e, o mais decepcionante, mesmo aqueles que me conhecem).

Embora eu tenha me mantido afastado das redes sociais, estou bem ciente daqueles que jogaram sujeira em meu nome. Eu perdoarei, mas não esquecerei.

Tony Sims tem uma academia limpa há 26 anos, eu respeito a academia. Ninguém é maior que a academia! Trabalho duro e dedicação é o que defendemos. Não toleramos trapaças ou atalhos.

Sou grato ao meu pai que esteve comigo durante todo esse período e estou feliz que esse pesadelo esteja chegando ao fim pelo bem de nossa saúde mental combinada. Nunca pensamos que passaríamos por algo assim, mas dizem que a luta mais difícil é a vida e as adversidades que ela traz. Quero recuperar o tempo perdido e não desperdiçar mais nenhum momento.

O boxe é a minha vida. Já passei por dificuldades em minha carreira antes, mas nada como isso, acredito que na vida você passa por adversidades de todos os tipos, mas o que mais importa é como você reage. Permaneci na academia e continuei a trabalhar muito duro, mantendo a certeza de que minha inocência será provada e a verdade será revelada. Minha equipe provou minha inocência e a verdade logo será revelada. Até então, não comentarei mais por questões de confidencialidade.

Houve momentos em que temi que nunca aconteceria, mas todos tínhamos fé. Sou grato a todos que me apoiaram neste momento difícil. Tempos difíceis não duram, pessoas difíceis sim. Mantemos isso em movimento e continuaremos perseguindo o objetivo final de ser campeão mundial – é um pequeno revés para um grande retorno. Por enquanto, estou ansioso para compartilhar o Natal em particular com minha família e voltarei em janeiro. Vejo vocês em 2023, ano em que me tornarei campeão mundial!” – declarou o ex-campeão Conor Benn.

 

Foto destaque: Divulgação/Boxing Scene

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top