Olimpíadas

Espanha x EUA como aconteceu – resultado, destaque e reação

Kevin Durant foi o cestinha dos EUA com 29 pontos

Pelas quartas de final das Olimpíadas de Tóquio, os EUA venceram a Espanha por 95 x 81, na madrugada desta terça-feira (3), em Saitama. Assim, os campeões olímpicos nas últimas três edições dos Jogos, mostraram sua força frente aos atuais campeões mundiais.  Com isso, os Estados Unidos se classificaram às semifinais da competição. Por outro lado, a derrota espanhola marcou o fim dos ciclos de Pau Gasol e Marc Gasol, na seleção nacional.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE ESPANHA X EUA

1º QUARTO: REAÇÃO E VIRADA DA ESPANHA

O jogo começou com os EUA dominando bem as ações ofensivas. Entretanto, ao longo do quarto, os espanhóis encaixaram a marcação e contaram com muita inspiração de Ricky Rubio para passar à frente do placar. Em sua quarta Olimpíada, o armador anotou 13 pontos somente no 1º quarto.

Desta forma, apesar do equilíbrio, a Espanha conseguiu ótima arrancada para vencer o período por 21 x 19.

2º QUARTO: BONS MOMENTOS PARA OS DOIS LADOS

O ritmo aumentou e cada equipe teve seu momento de brilho ao longo do 2º quarto. Diante disso, a Espanha começou melhor com boa participação de Willy Hernangómez no garrafão adversário. Neste momento, La Família chegou a abrir 10 pontos de vantagem no placar.

Contudo, na segunda metade do período, os americanos conseguiram tomar as rédeas da partida. A participação de Draymond Green para dificultar as ações do pivô adversário, contribuiu para reviravolta. Assim, em uma corrida de 10 pontos, os EUA levaram o confronto empatado ao intervalo.

3º QUARTO: APAGÃO ESPANHOL

Os Estados Unidos voltaram ligados para o 2º tempo. Deste modo, bolas consecutivas de três pontos foram suficientes para que a Espanha sentisse o golpe. Portanto, o jogo coletivo – que é um dos pontos fortes da seleção europeia – parou de funcionar. Assim, Rubio – que vinha muito bem na partida – passou a tentar individualizar demais os ataques, principalmente após bolas fáceis desperdiçadas por Victor Claver.

Por outro lado, Kevin Durant esquentou a mão e converteu bolas importantes para que sua equipe – que chegou a estar 16 pontos em vantagem. Assim, os EUA tomaram conta do placar e do jogo.

4º QUARTO: EUA À VONTADE PARA A VITÓRIA

O último e decisivo quarto seguiu a mesma linha dos 10 minutos anteriores. Em vista disso, os EUA não sofreram para administrarem o placar. Enquanto isso, a Espanha não se defendia bem. Em momentos, o técnico Sérgio Scariolo optava por um time mais baixo – visando dificultar os chutes do perímetro. Em outros, buscava um pivô de referência para jogadas de pick and roll, no ataque. Nenhum foi realmente efetivo.

Por fim, a Espanha se resumiu muito à Ricky Rubio. Em mais uma partida brilhante, o armador terminou com expressivos 38 pontos. Sua melhor companhia foi Sergio Rodriguez, que fez 16 pontos.

Já no lado dos tricampeões, Durant teve grande atuação de 29 pontos, com quatro bolas de três. Ademais, Jason Tatum também teve boa contribuição com 13 pontos e cinco assistências. Além de Jrue Holiday, com 12 pontos e cinco assistências.

ESPANHA X EUA – E AGORA?

Com a vitória, os EUA avançaram às semifinais dos Jogos Olímpicos. Com isso, enfrentarão a Austráliaque derrotou a Argentina – na madrugada desta quinta-feira (5), à 1h15 (horário de Brasília).

Para a Espanha, fica a decepção de não alcançar o pódio no torneio. Tóquio 2020 pode ter marcado o fim de uma época importante e vencedora para o país. Tendo em vista que, os irmãos Gasol já anunciaram suas aposentadorias pela seleção, é natural que os demais desta geração sigam o mesmo caminho em breve.

Foto destaque: Divulgação/FIBA

 

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top