Jogador do Minnesota Vikings é alvo de ataques racistas após derrota; NFL se pronuncia

Marcelo Cartaxo | 15/09/2023 - 19:15

Alexander Mattinson, running back do Minnesota Vikings, foi alvo de ataques racistas após a derrota para o Phildelphia Eagles na última quinta-feira (14).

Em suas redes sociais, Mattinson contou que recebeu mais de 60 mensagens de cunho racista após falhar em um lance decisivo no último jogo. Em uma das mensagens, um torcedor sugere que o jogador abandone a carreira e tente “segurar uma arma”.

Em outro trecho, um torcedor chegou a sugerir que Mattinson tire a própria vida. As imagens com as ofensas foram divulgadas nesta sexta-feira (15).

— Isso não está certo. Vocês podem se perguntar porque eu postei isso. Vocês veem até a mim e falar “você é ruim” bla bla bla. Eu realmente não ligo, mas essa m*** é inaceitável. Eu espero que essas mais de 60 pessoas que decidiram vir até mim e falar besteiras nessas mensagens na DM e nos comentários, apenas reflita o que vocês estão falando e como isso pode realmente afetar alguém. Debaixo do meu capacete, eu sou um ser humano, um pai, um filho. Isso é doentio — disse o jogador.

NFL se pronuncia após caso de racismo contra jogador dos Vikings

Depois que Alexander Mattinson divulgou as mensagens com o teor racista, a NFL se pronunciou repudiando as atitudes dos torcedores. No comunicado, a liga norte-americana destacou que “discursos de ódio são completamente inaceitáveis na NFL“.

Confira a nota completa:

— A NFL condena veementemente os comentários racistas dirigidos a Alexander Mattison online após o jogo de ontem à noite. Esse tipo de discurso de ódio são completamente inaceitáveis na NFL ou em qualquer outro lugar. Apoiamos firmemente Alexander e lembramos aos fãs que devem lembrar a humanidade de todos os jogadores e celebrar suas contribuições para o jogo que todos amamos — disse a NFL em nota.

LEIA MAIS

+NFL: Eagles dominam jogo terrestre e vencem os Vikings na semana dois

++NFL: Wide reciever dos Lions quase sofreu penalidade por comemoração

Mattison está em sua quinta temporada com os Vikings. O jogador de 25 anos, que estabeleceu um recorde de carreira com cinco touchdowns corridos no ano passado, tornou-se o principal running back do time após a saída de Dalvin Cook.

Alexander Mattinson não teve uma grande partida contra o Philadelphia Eagles. Sem touchdown, o jogador ainda teve um fumble forçado em um momento crucial da partida. Em um passe curto para duas jardas, o jogador foi tackleado pelo defensor dos Eagles, e acabou soltando a bola.

A posse recuperada pelo time adversário não resultou em pontuação e Jalen Hurts foi interceptado pela defesa de Minnesota pouco tempo depois do turnover de Mattinson.

Depois da denuncia do jogador, o Minnesota Vikings também emitiu um comunicado em suas redes sociais mostrando apoio ao jogador.

Confira a nota do Minnesota Vikings sobre o episódio de racismo contra Alexander Mattison

— Estamos enojados com o ódio e os insultos raciais dirigidos a Alexander Mattison após o jogo da noite passada. Simplesmente não há espaço para palavras ou ações racistas nos esportes ou na sociedade. Os Vinkings continuarão a lutar para eliminar o ódio, educar e promover uma comunidade diversificada, equitativa e inclusiva que respeite e valorize as nossas origens únicas. Apoiamos Alexander e todos os jogadores que, infelizmente, vivenciam esse tipo de comportamento ignorante e preconceituoso, e pedimos aos nossos torcedores que continuem a lutar para eliminar o racismo — disse o Minnesota Vikings em nota.

A próxima partida do Minnesota Vikings é contra o Los Angeles Chargers, no dia 24 de setembro, no U.S Bank Stadium em Mineápolis.

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.