Tom Brady revela os motivos que o levaram a sair dos Patriots: ‘Nem se eu quisesse…

André Merice | 16/02/2024 - 16:27

A série documental ‘The Dynasty: New England Patriots‘, lançada pela Apple TV+, oferece uma visão profunda da jornada dos Patriots na NFL, desde seus dias de luta até se tornar uma verdadeira dinastia do futebol americano, conquistando seis títulos do Super Bowl ao longo de sua história.

O trio, formado pelo quarterback Tom Brady, pelo técnico Bill Belichick e pelo proprietário Robert Kraft, é destacado como a espinha dorsal do sucesso dos Patriots. Durante duas décadas, essa tríade liderou a franquia rumo à glória, mas também enfrentou desafios internos.

O momento marcante da saída de Tom do New England, em 2020, foi contado pelo próprio jogador durantes as gravações da série. Brady apontou o relacionamento tenso com Belichick como um fator determinante em sua decisão de não renovar com a franquia. O ambiente sob o comando de Belichick tornou-se ‘difícil', levando Brady a buscar novos horizontes no Tampa Bay Buccaneers.

Por que Tom Brady deixou os Patriots?

Em entrevista exclusiva para a ‘People Magazine', Brady abriu o jogo sobre os problemas na relação com Bill, que teve um papel crucial na decisão do quarterback de deixar a equipe.

— Eu e o técnico Belichick fizemos o que amamos e competimos juntos por 20 anos. Mas eu não assinaria outro contrato [na Nova Inglaterra], mesmo que quisesse jogar até os 50 anos. Com base em como as coisas tinham corrido, eu não iria assinar mais — disse Brady.

O impasse em torno da renovação do contrato de Brady foi um dos principais pontos de discórdia entre o quarterback e a diretoria dos Patriots. Belichick teve uma participação crucial na decisão de não oferecer um contrato de dois anos, avaliado em US$ 50 milhões, ao jogador.

Brady queria reconhecimento, afirma dono dos Patriots

Robert Kraft, proprietário dos Patriots, também compartilhou insights sobre a tensão entre Brady e Belichick, destacando que o jogador buscava reconhecimento, que não era reciprocada pelo treinador.

— Tom e eu tivemos diversas conversas sobre a dinâmica com o técnico Bill. Tom é bastante sensível nesse aspecto. Ele ansiava por uma conexão mais próxima com Belichick, quase como um relacionamento pai e filho. No entanto, não era o estilo de Bill demonstrar esse tipo de afeto — compartilhou Kraft.

Após a mudança para o Tampa Bay Buccaneers, Brady ainda levou mais um título do Super Bowl, o que o consolidou como um dos maiores jogadores da história do esporte.

The Dynasty: New England Patriots

A sinopse do documentário sobre os Patriots explora a jornada de duas décadas da franquia, desde a química única que impulsionou as vitórias no Super Bowl até os conflitos internos.

A série conta com depoimentos de figuras-chave, incluindo Tom Brady, Bill Belichick, Robert Kraft e outros jogadores importantes, revelando os altos e baixos enfrentados pelo time ao longo dos anos.

LEIA MAIS:

+ NFL: Jogador dos Chiefs acalma criança em meio a confusão no desfile dos campeões do Super Bowl

++ NFL: Justin Bieber recusou convite para cantar no Super Bowl; saiba motivo

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".