Tampa Bay Buccaneers

Tampa Bay Buccaneers e o Draft de 2022: Parte 1

O Draft de 2022 já está nos livros de história. Após quase um mês desse inesquecível momento da intertemporada, o Quinto Quarto  analisa o que podem ser as necessidades do time, e te conta qual foram às escolhas do Tampa Bay Buccaneers. Dividiremos a matéria em duas partes para não ficar cansativa para você, nosso leitor e apoiador

O ELENCO PRÉ-DRAFT:

Antes de descrever as escolhas em si, é preciso ressaltar quais são os pontos altos e baixos do time da Costa Oeste dos Estados Unidos, após a Free Agency.

Como foi dito no texto Efeito Brady , a situação não ficou tão ruim quanto se esperava em Tampa devido à volta de Tom Brady para o time. Porém, a atuação memorável da offseason vai para Jason Licht, o General Manager dos Bucs, que pouco a pouco foi resolvendo os possíveis problemas do time. Sendo assim, como titulares em suas posições e com contratos renovados temos: o Running back Leonard Fournette, o Center Ryan Jensen, o cornerback Carlton Davis, o safety Logan Ryan e o wide reciver Chris Godwin.

Com essa jogada, o GM diminuiu- e muito – o possível problema de existirem perdas de peças importantes no elenco de Tampa. Além dessas renovações, a aquisição do Offensive Guard Shaq Mason, por meio de troca de rodadas no Draft com New England Patriots é uma ótima estratégia para proteger o lado cego do quarterback do time da Flórida.

Saídas; Tampa Bay

Mesmo com toda dedicação e estratégias, como nem tudo são flores, baixas aconteceram.  Jason Pierre-Paul,  outside linebacker titular deixou de renovar seu contrato, se tornando um free agent e podendo negociar com qualquer time da liga. Entretanto, não apenas na defesa ocorreram baixas. O Tight End titular e homem de confiança de Tom Brady, Rob Gronkowski, apelidado de Gronk, ainda não chegou a uma decisão sobre seu futuro.

Tendo saído de sua aposentadoria, no que muitos dizem ter sido um chamado de Brady ao vim para Tampa, Gronk fez duas temporadas boas.  Contudo, o jogador parece estar mais inclinado a voltar para a sombra e a água fresca da aposentadoria.

O DRAFT:

O evento do Draft da NFL do ano de 2022, aconteceu entre os dias 28 e 30 de abril, em Las Vegas, Nevada.  Faremos aqui um detalhamento das escolhas do Tampa Bay Bucccaneers: 

  • 1ª Escolha (2ª rodada, posição 33):

Na tabela inicial, essa escolha seria do Jacksonville Jaguars. Entretanto, uma troca foi feita com essa posição. Ganhando as escolhas gerais 106 e 180, além da 33, e cedendo a posição 27 para os Jaguars, os Bucs selecionaram o Defense End (atualmente chamado de EDGE) Logan Hall. Natural do Texas, Logan jogou quatro anos em Houston, sendo titular em dois. Rápido e atlético, apesar de seu porte físico, está acostumado a jogar em defesas 3-4, o modelo mais utilizado por Tampa. O novo integrante chega para tentar suprir a saída do Jason Pierre-Paul e pode pintar como titular, dependendo do seu trainning camp.

  • 2º Escolha (2ª rodada, posição 57):

Na segunda escolha do dia, o agraciado foi o Guard Luke Goedeke, que chega em Tampa após outra troca, mas dessa vez com o Buffalo Bills. Recebe as escolhas 60 e 180 no geral e envia sua posição 57 para Tampa Bay. Com o objetivo de fortalecer ainda mais a linha de proteção do número 12 dos Bucs, Luke vem de Central Michigan e acumula lesões em sua carreira: uma no futebol universitário e outras ainda no High School (ensino médio). Possui bons números, mas, devido ao histórico recente de lesões e o alto nível da linha ofensiva de seu novo time, Luke não deve ser titular. Contudo, ele tem condições de participar de alguns snaps se priorizar a saúde.

Draft; Tampa Bay

  • 3ª Escolha (3ª rodada, posição 91):

A primeira escolha da 3ª rodada do Draft de 2022 do Tampa Bay Buccaneers foi o running back Rachaad White, da universidade de Arizona State. Considerado um dos melhores running backs da classe do Draft, correu para 1.000 jardas, recebeu 43 passes e marcou 16 touchdowns totais: tudo em 2021. Suas conquistas não terminam por aqui: em seu primeiro ano na Universidade de Arizona, liderou a liga com 10 jardas por carregada, com o recorde de 42 carregadas para 420 jardas nos 10 primeiros jogos. Nativo do Missouri, Rachaad chega para ser o terceiro na posição e se agrupa com Leonard Fournette e Giovani Bernard para completar o trio de corredores do time.

  • 4ª Escolha ( 4ª rodada. Posição 106):  

Com a escolha de número 106, vinda da troca com Jacksonville Jaguars, os Bucs escolhem o Tight End Cade Otton, de Washington. Confiável nas recepções e sabendo criar boas separações em suas rotas, Otton pode ser um bom integrante do grupo ofensivo dos Bucs ao longo da temporada. Titular incontestável na universidade, sua média é de 11,5 jardas por recepção, e tem sido chamado de o melhor tight end na classe bloqueando. Com a possível saída de Gronk, Cade Otton chega para incorporar o grupo. Quem sabe participar de alguns snaps – e até ser titular durante a temporada.

 

Afinal, na próxima matéria, fique com a parte 2 do draft. Assim, as últimas 4 escolhas do Tampa Bay Buccaneers para a próxima temporada e a consideração final.

 

 

 

Foto destaque: Instagram / NFL

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top