NFL mantém regra que prejudicou o Baltimore Ravens nos playoffs

Marcelo Cartaxo | 26/02/2024 - 21:33

Com a off-season da NFL à todo vapor para os times, a própria entidade não pode ficar parada e já começou os preparativos para a próxima temporada.

Assim, segundo o jornalista Judy Batitsta da NFL Network, o comitê de competição da liga se reuniu na segunda-feira (26) para discutir a regra do “fumble touchback”, um dos grandes destaques dos playoffs de 2023.

O fumble touchback é a junção de duas regras na NFL. A primeira é o “fumble”, que se refere ao ato do jogador que detém a posse de bola, por algum motivo, perder o controle dela e deixa-la cair em campo.

Já o “touchback” acontece em duas situações: no kickoff ou no punt. Quando um jogador no início da partida, ou após um touchdown, chuta a bola para ver onde o time adversário começa com a posse, caso ela toque na endzone do outro lado do campo o time que recebe a bola começa da linha de 25 jardas do campo de defesa.

Juntando estes dois temos uma regra que poucas vezes foi acionada nos últimos anos. Desde 2018, apenas oito fumble touchback foram registrados em temporada regular. Mas para o azar dos Ravens isto aconteceu durante a partida mais importante do ano.

No confronto entre Baltimore Ravens x Kansas City Chiefs na final da AFC, o wide receiver dos Ravens, Zay Flowers, sofreu com um fumble forçado pela defesa dos Chiefs, e como estava cruzando o plano de gol para entrar na endzone, a bola acabou tocando a grama no fundo do campo, e qualificou o turnover como “fumble touchback”.

A touchdown colocaria os Ravens de volta no jogo no início do quarto período. Os Chiefs venciam por 17 x 7, e o touchdown com o ponto extra deixaria o jogo à uma posse de diferença (três pontos). O recebedor, no entanto, acabou perdendo o controle da bola por causa de uma investida do cornerback L´Jarius Sneed, que deu um soco na bola forçando o “erro”.

A derrota dos Ravens é culpa de Zay Flowers?

Caso os Ravens tivessem anotado o touchdown, o jogo ficaria à um field goal de diferença faltando praticamente todo o quarto período para ser jogado. Os fãs dos Ravens e os conhecedores da bola culpam Zay pelo o que aconteceu na jogada.

De acordo com vários especialistas, incluindo aqueles que estão no comitê de competição da NFL, é responsabilidade do portador da bola protegê-la, e portanto a derrota é atribuída ao “erro” de Flowers. Afinal, os Ravens foram o melhor time da AFC nesta temporada e um dos favoritos ao título, com um dos ataques mais potentes da liga e uma das defesas mais fortes.

Flowers é calouro, e ainda tem uma carreira inteira pela frente, mas mesmo que vença um título em Baltimore ou em qualquer outra equipe, esse é um dos lances que ficarão marcados no legado do jogador na NFL.

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.