NFL e Chiefs se pronunciam após atentado em comemoração

Matheus Costa | 14/02/2024 - 20:55

O que era pra ser uma tarde de muita alegria e felicidade para os torcedores do Kansas City Chiefs acabou terminando em tragédia.

A comemoração do título do Super Bowl em passeata na cidade de Kansas, nesta terça-feira (14), acabou sendo interrompida após dois atiradores proferirem diversos disparados contra os torcedores que estavam no local. Até o momento, foram cerca de 22 pessoas levadas ao hospital atingidas pelos disparos e uma vítima fatal.

Através de suas redes sociais, a NFL emitiu um comunicado oficial sobre o ocorrido e lamentou profundamente o atentado, classificado como ‘insensível', e demonstrando seus sentimentos a todos que foram afetados de alguma maneira pelo triste acontecimento.

– Nós estamos profundamente tristes devido ao atentado que ocorreu hoje próximo ao fim da comemoração em Kansas City para os Chiefs. Nossos pensamentos estão com as vítimas e todos que foram afetados. Estamos agradecidos pela rápida e responsável resposta dos oficiais da lei e dos paramédicos -, afirmou em nota.

Chiefs também se pronunciam após tragédia

Em nota também publicadas nas suas redes sociais, o Kansas City Chiefs se pronunciou sobre o caso, manifestou seu pesar sobre a situação e agradeceu o departamento de polícia por evitar uma tragédia ainda maior.

– Nós estamos profundamente tristes por este ato inexplicável de violência que ocorreu do lado de fora do Union Station perto da conclusão da comemoração de hoje. Nossos sentimentos vão para as vítimas, suas famílias e todos de Kansas City. Estamos em contato com o gabinete do prefeito e com o departamento de polícia de Kansas City. Agora, confirmamos que todos os nossos jogadores, treinadores, staff e suas famílias estão seguros. Agradecemos aos oficiais da lei e pelos oficiais de primeiros socorros que estiveram no local prestando ajuda -, afirma.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.