NFL: Itaquerão ou Bernabéu – quem verá um touchdown primeiro?

Marcelo Cartaxo | 06/12/2023 - 07:15

O Shopping Itaquera ou a larga e arborizada avenida de La Castellana? Linha Vermelha e a Estação Corinthians-Itaquera ou a Linha 10 e a Estadão Santiago Bernabéu? São Paulo ou Madrid? Os contrastes são grandes, mas uma coisa une essas duas paisagens: uma delas receberá uma partida da temporada regular da NFL em 2024.

Os estádios dos campeões mundiais de futebol (da bola redonda) Corinthians e Real Madrid concorrem para receber a tão esperada partida do futebol (da bola oval). Ambos receberam, nos últimos meses,  visitas de membros da NFL para avaliar as condições de uma partida acontecer em mais um país, além das fronteiras americanas.

A ação, inclusive, não é novidade para os fãs de NFL, que estão acostumados a ver jogos da maior liga de futebol americano no mundo longe dos gramados dos Estados Unidos. Nos últimos anos, a NFL já levou alguns de seus jogos ao México, à Inglaterra e também à Alemanha. O plano de expansão dos jogos internacionais deve chegar um dia ao Brasil, mas a dúvida é: será no próximo ano?

NFL no Brasil? Veja quais são os pontos a favor

O interesse da NFL no Brasil não é repentino. O interesse por futebol americano cresce todos os anos em território brasileiro, com ligas nacionais criadas para jogar o esporte no país, além de derivações, como o flag football – esporte que será Olímpico em Los Angeles 2028. Nele, em vez de tackles, o adversário é parado ao ter a fita que está em sua cintura retirada.

O fato do Itaquerão (ou a Neo Química Arena) ser o estádio ‘escolhido' para sediar a partida no Brasil não surpreende aos fãs da NFL em solo brasileiro. Afinal, é o que mais se aproxima, em São Paulo, da arquitetura dos estádios nos EUA, especialmente pela área externa.

Como é da cultura dos estadunidenses, a festa não começa apenas perto do jogo, mas sim horas antes com churrascos no estacionamento (tailgate), atividades para todas as idades e até mesmo competição de quebrar mesas – obra de uma das torcidas mais tenaz da NFL, a Bills Mafia.

Em São Paulo, com a exceção do Pacaembu, apenas a Neo Química Arena apresenta um estacionamento amplo, nas proximidades do estádio e com um espaço considerável ao seu redor para a realização de atividades extra-jogo.

Neo Quimica Arena, estádio do Corinthians
Entorno da Neo Quimica Arena, estádio do Corinthians. Foto: Divulgação

Pontos a favor da Espanha – Olé?

A NFL também acompanha de perto o andamento das obras no Santiago Bernabeu, estádio icônico do Real Madrid. A reforma custou seis bilhões de euros, e conta com direito à campo retrátil, estádio coberto – que tira a influência externa em um dia chuvoso ou extremamente ensolarado, uma questão que pondera a NFL – e um ponto fraco do estádio do Corinthians.

Estádios cobertos tem sido um dos investimentos por uma parte da liga, e times como Detroit Lions, Minnesota Vikings e Indianapolis Colts tem estádios lacrados até o teto. Ainda assim, a esmagadora parte da NFL tem estádios à céu aberto.

Vários times são conhecidos por usar o clima da cidade a seu favor, como o Green Bay Packers. Entre dezembro e janeiro, começam as nevascas na região de Wisconsin, forçando a times que estão acostumados com outros climas a jogarem na famosa tundra congelada de Green Bay.

Outro ponto positivo é o poder turístico de Madrid e do Berbabeu. A cidade atrai pessoas de todo o mundo e um jogo no estádio do Real Madrid, um dos times mais populares do mundo, seria uma maneira de atingir uma audiência global de forma presencial.

Contudo, o que faz os espanhóis saírem atrás na corrida para sediar uma partida da NFL é a área externa. Como é dito anteriormente, estádios na NFL tem espaços amplos fora do estádio para promover atividades extras, trazendo mais energia para o dia de jogo, algo extremamente importante para os fãs do futebol americano nos Estados Unidos.

Nunca é apenas um jogo, e sim um ‘dia' de jogo, levando mais significado para o campo do que apenas cumprir tabelas e vencer adversários dentro de três horas de partida.

O time mais provável para vir ao Brasil (ou Espanha) é o Miami Dolphins

Além de uma base de fãs sólida em território brasileiro, o time de Miami está localizado em uma região muito parecida com o Brasil por causa do clima. Mas acima de tudo, a NFL garantiu o direito de explorar o mercado brasileiro (e também o espanhol) ao Miami Dolphins. Por isso, seguramente, a partida que ocorrerá em 2024 fora dos EUA, seja no Brasil ou Espanha, será dos Dolphins.

E uma data já está sendo especulada. Segundo o repórter americano John Sutcliffe, no Brasil, a partida seria disputada na Semana 1 – ou seja, em setembro de 2024.

E quem poderia ser o adversário? Levando em consideração que o New England Patriots tem uma das maiores torcidas no Brasil, o time comandado por Bill Belichick é o mais esperado para ser o adversário dos Dolphins em São Paulo. Além disso, o fato da super modelo Gisele Bündchen ter sido casada com o maior jogador de todos os tempos, Tom Brady – vencedor de seis títulos com os Patriots – ajudou o público a simpatizar com o time.

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.