NFL: antigo jogador defensivo do ano acerta permanência nos Chargers

Otávio Silva | 13/03/2024 - 20:44

Após acertar a dispensa do Wide Receiver, Mike Williams, o Los Angeles Chargers finalizou um acordo com Khalil Mack, eleito em oito oportunidades para o Pro-Bowl. O lineback aceitou reduzir valores no seu contrato para poder permanecer na equipe, liberando assim espaço na folha salarial para que a equipe de Los Angeles possa contratar mais atletas para a próxima temporada da NFL.

Com isto, dois nomes são esperados para fecharem com os Chargers para a próxima temporada da NFL. Gus Edwards, atualmente running back do Baltimore Ravens e Will Dissily que atua como tight-end do Seattle Seahawks. Além disto, esta nova negociação com Mack, facilitou para que o time também anunciasse um acordo com Alohi Gilman, safety da equipe que estava conversando sobre ajustes no seu acordo anterior e que aceitou nesta quarta os novos termos.

Dois atletas do Los Angeles Chargers também tem seu futuro na NFL discutidos

O lineback, Joey Bosa e Keenan Allen, que joga como wide receiver, devem ter sua solução resolvida na equipe nos próximos dias e podem permanecer para a temporada de 2024 da NFL. Bosa esta desde 2016 nos Chargers e chegou a ser especulado no Detroit Lions, mas deve permanecer na franquia de Los Angeles.

Enquanto isto, Allen, é mais experiente nos Chargers e se juntou ao time em 2013. Apesar de ser grande a possibilidade de permanecer na equipe, alguns jornalistas dos Estados Unidos apontam que o New England Patriots deve tentar a contratação do jogador, ainda mais por ver a necessidade da contratação de um wide receiver para a próxima temporada.

Quando Khalil Mack se junto ao Chargers?

Draftado em 2014 pelo Oklahoma Raiders, atual Los Angeles Raiders, Mack permaneceu na equipe até 2017, sendo que em 2016 tinha sido eleito o defensor do ano. Após isto, passou por três temporadas no Chicago Bears, onde voltou a apresentar bom desempenho e desde 2022 se encontra no Los Angeles Chargers. Antes de acertar um ajuste no seu contrato, o atleta era especulado no New England Patriots, mas a negociação não avançou.

Escrito por Otávio Silva
Estudante de jornalismo que já passou por grandes portais como Torcedores e Minha Torcida e atualmente no Quinto Quarto. Já contribui para matérias e entrevistas em mais de oito países pelo mundo. Apaixonado por NFL, NBA e, é claro, futebol.