NFL

Josh Allen: Buffalo Bills “confiou em mim” quando eu admiti meus “erros”

Josh Allen, quarterback de Wyoming e selecionado pelo Buffalo Bills na primeira rodada do draft de 2018

(Crédito: Twitter/reprodução)

Após a polêmica envolvendo seus tweets antigos, Josh Allen ficou receoso de cair demais no draft de 2018. Mas não foi isso que vimos, já que o Buffalo Bills acertou uma troca com o Tampa Bay Buccaneers para subir para a sétima posição e escolher o quarterback de Wyoming.

Confira todas as escolhas da primeira rodada do draft de 2018 da NFL

Allen havia sido alvo de muitas críticas entre a noite da última quarta e esta quinta-feira (26) de draft, depois de tweets inapropriados que ele publicou em seu Twitter na época de colegial vierem à tona.

Os tweets, que foram apagados da conta do signal caller, eram de 2012 e 2013, quando ele tinha 15 e 16 anos de idade, aproximadamente. As postagens continham linguagem ofensiva e termos racistas, segundo reportagem do ‘Yahoo! Sports’.

Após ser selecionado pelos Bills, Allen disse aos jornalistas que os tweets haviam sido apagados há meses ou até há um ano.

Allen confirmou que, após as publicações virem à tona, “alguns times” entraram em contato com ele e sua agência para assegurar que eles eram reais e pediram que ele explicasse suas ações.

O prospecto de Wyoming não falou diretamente com nenhum dos times, já que seus agentes lidaram com isso. Mas com o time que acabou o escolhendo, o QB teve um papo reto.

“Eles basicamente queriam uma explicação de tudo e eu dei isso a eles”, falou Allen sobre os Bills. “Eu assumi meus erros. Eles confiaram em mim. Eles confiaram no meu julgamento. Eu acho que eles fizeram a devida diligência, conversaram com meus treinadores, meus colegas de equipe. Nunca houve um problema entre mim e meus companheiros de equipe. Eu amo aqueles caras, e eu garanto que disseram coisas boas sobre mim”, prosseguiu.

A dúvida que segue é relacionada a como o signal caller será recebido no vestiário dos Bills, após tweets insensíveis da época quando ele era jovem.

E o quarterback falou sobre esse ponto.

“Eu vou ser eu mesmo”, respondeu, ao ser questionado sobre como se apresentará aos novos companheiros de Bills. “Não houve más intenções com esses tweets. (…) Eu tive muitos companheiros de equipe que me procuraram. Eles disseram: ‘eu não ligo para o que os tweets dizem. Eu sei quem você é. Você é meu cara, e nada disso vai mudar’”, observou.

Antes de uma noite que parecia que seria dos sonhos para Allen, o QB teve que lidar com problemas e teve que resolvê-los em meio ao escrutínio público.

Porém, quando os Bills o escolheram, ele conseguiu relaxar um pouco.

Enquanto ele subia no palco para abraçar o comissário Roger Goodell, os fanáticos torcedores do Buffalo Bills comemoraram bastante a seleção do quarterback do futuro da franquia.

No final das contas, os bons momentos do dia 26 de abril de 2018 superaram os momentos de chateação.

“Foi muito estressante. Eu estava muito emocionado com isso apenas porque não é quem eu sou como pessoa. Meus companheiros de equipe, minha comissão técnica, eles sabem que não é quem sou. Há seis anos, eu coloquei sob meus ombros. Foi um erro. Eu era jovem e burro”, pontuou. “Mas eu segui em frente”, finalizou Josh Allen.

Comments
To Top