Campeão nacional, Harbaugh acerta por 5 anos com franquia da NFL

André Merice | 25/01/2024 - 10:23

Jim Harbaugh, recentemente campeão nacional pela Universidade de Michigan, está de volta à NFL como o novo treinador do Los Angeles Chargers. O acordo, firmado por cinco anos, foi divulgado pelos insiders da NFL Network, Ian Rapoport, Tom Pelissero e Mike Garafolo, e posteriormente anunciado pela franquia.

Embora tenha recebido uma oferta de Michigan que o colocaria como o técnico mais bem remunerado do futebol universitário, Harbaugh optou por assumir o comando dos Chargers. O proprietário e presidente da franquia de Los Angeles, Dean Spanos, expressou entusiasmo pela contratação.

— Jim Harbaugh é a personificação do futebol, e não consigo pensar em ninguém melhor para liderar o ataque dos Chargers. Filho de um treinador, irmão de um treinador e pai de um treinador que foi treinado por nomes como [Bo] Schembechler e [Mike] Ditka, nas últimas duas décadas Jim levou centenas de homens ao sucesso em todos os lugares onde esteve – como treinador. E hoje Jim Harbaugh retorna ao Chargers, desta vez como nosso treinador. Quem está melhor do que nós? — afirmou Spanos em comunicado.

A decisão de Harbaugh marca seu retorno à NFL após dois anos de especulações, durante os quais ele foi entrevistado por equipes como o Minnesota Vikings e o Denver Broncos.

O treinador obteve sucesso em todas as fases de sua carreira, com destaque para as quatro temporadas no San Francisco 49ers, levando a equipe a quase 70% de vitórias de 2011 a 2014. Durante esse período, os Niners chegaram a três jogos consecutivos do campeonato NFC e participaram do Super Bowl XLVII.

Como jogador, ele atuou pelo Chargers entre 99 e 2000, além de ter atuado também nas equipes do Bears, Colts e Ravens.

As primeiras palavras de Jim em seu retorno a NFL

Em declaração oficial, Harbaugh expressou gratidão pela oportunidade de treinar em locais significativos ao longo de sua carreira, destacando a alegria de ‘retornar para casa'.

— Tenho muita sorte de ter tido o privilégio de treinar em lugares onde a jornada da vida criou fortes conexões pessoais para mim. Desde trabalhar como assistente técnico no Western Kentucky ao lado de meu pai, Jack, e como assistente nos Raiders, a ser treinador principal no USD, Stanford, 49ers e Michigan – cada uma dessas oportunidades tinha um significado, cada uma parecia pessoal. Quando joguei pelos Chargers, a família Spanos não poderia ter sido mais gentil ou mais acolhedora. Estando de volta aqui me sinto em casa e é ótimo ver que essas coisas não mudaram — disse o novo treinador dos Chargers.

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou torcedor LeBron James e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".