Giants assinam com veterano conhecido por declarações anti-vacina

Matheus Costa | 22/07/2023 - 11:17

New York Giants anunciou nas suas redes sociais mais duas contratações nesta sexta-feira (21) visando a próxima temporada.

A franquia de Nova York confirmou as contratações do running back James Robinson e do wide-receiver Cole Beasley. Ambos chegam ao time com contratos de um ano e com funções de aumentar o plantel de suas devidas posições, mas não irão ocupar papéis de titularidade na equipe comandada pelo treinador Brian Daboll.

VEJA TAMBÉM;

+ NFL aplica multa monstruosa em ex-dono dos Commanders por assédio sexual

++ NFL: Aaron Rodgers deixa pista sobre o seu futuro no Jets

Com apenas 24 anos de idade, James Robinson chega aos Giants com a missão de provar que ainda pode ser útil na NFL. Sofrendo com diversas lesões e problemas físicos nos últimos anos, Robinson assina com o segundo time antes mesmo da temporada começar. Em março, Robinson chegou aos Patriots com um contrato válido por dois anos com o valor de US$ 4 milhões, mas com apenas US$ 150 mil garantidos por conta do extenso histórico de lesões. Menos de três meses depois, acabou sendo dispensado.

CONTRATAÇÃO POLÊMICA

No entanto, a contratação mais marcante fica para o wide-receiver Cole Beasley, de 34 anos de idade. Se reencontrando com o treinador Brian Daboll após a experiência de trabalharem juntos no Buffalo Bills entre 2019 a 2021, o veterano ficou marcado por diversas declarações durante a pandemia de Covid-19.

Ativo em suas redes sociais, Beasley fez diversas declarações afirmando que não iria tomar a vacina contra o Covid-19 e criticou severamente a NFL por suas política de regras sobre a pandemia do coronavírus. Entre suas polêmicas, Cole questionou seguidores se era ilegal ser “livre” e que era “pró-escolha”.

Escrito por Matheus Costa
Matheus Costa é jornalista, repórter e redator com passagens por MMA Brasil, LANCE!, O Dia, Yahoo! e outros. Sua carreira no jornalismo iniciou na cobertura do MMA, depois se expandindo para a cobertura do futebol e dos bastidores de televisão esportiva brasileira. Já cobriu in loco eventos de MMA, futebol, basquete e jiu-jítsu.