NBA

Como seria se LeBron James fosse jogador da NFL?

Como seria se LeBron James fosse jogador da NFL?

(Crédito: Twitter/reprodução)

LeBron James e NFL na mesma frase. O título deste texto deve ter chamado a sua atenção e é por isso que você está aqui, certo?

Aqui no Quinto Quarto, nós somos fanáticos pelos esportes americanos. Isso é ÓBVIO, afinal temos um site, podcast e redes sociais sobre isso (AH VÁ!). E, para saciar esse amor, gostamos de fazer exercícios de imaginação.

Então, agora resolvi brincar com um exercício de ‘e se’ que todos nós já fizemos na vida, não importa em que âmbito. Assim, que tal imaginar LeBron James, uma máquina de jogar basquete e astro máximo da NBA na atualidade, jogando futebol americano na National Football League?

Miguel Amado, meu amigo do peito, recentemente fez um texto extremamente interessante comparando LeBron a Michael Jordan. O conteúdo gerou um debate legal dentro do QQ e através dos nossos leitores nas nossas redes sociais.

Você achou a ideia deste texto uma viagem? Isso é porque você não ouviu o podcast desta semana

Agora, chegou a minha vez de fazer algo bem menos ‘científico’ e colocar o camisa 23 com uma bola oval em suas mãos enormes.

Antes de tudo, vou deixar claro de onde tirei a minha ideia: LeBron James na NFL não foi algo tão distante de se tornar realidade.

Nesta semana, em um vídeo publicado pelo site ‘Uninterrupted’, o ala do Los Angeles Lakers revelou que ele seriamente considerou trocar de modalidade esportiva em 2011, ano em que a National Basketball Association teve que encarar um locaute de quase dois meses.

Na ocasião, a temporada do Miami Heat, então time de James, estava em pausa. E o atleta então começou a treinar para se tornar um jogador de futebol americano. Segundo Maverick Carter, amigo de longa data e parceiro de negócios do King James, um contrato até chegou a ser oferecido pelo Dallas Cowboys.

(Momento desabafo: IMAGINE QUE INSUPORTÁVEL QUE JERRY JONES FICARIA COM O LEBRON VESTINDO O CAPACETE COM ESTRELA!)

Bem, fato é que isso nunca aconteceu e, agora, é basicamente impossível que aconteça (a menos que haja um cataclisma).

Cabe então a Bruno Bataglin, também conhecido como eu, imaginar LeBron como jogador da NFL.

Topa embarcar nessa viajada na maionese comigo?

Características que tornam LeBron James de outro planeta

LeBron James é aquele talento de um em um milhão (de anos). Em um vídeo publicado recentemente no Twitter do ‘NBA Central’, Austin Rivers e Doc Rivers concordam no fato de o astro ser o melhor atleta de todos os tempos.

Uma frase em específico de Doc, técnico do Los Angeles Clippers, salta aos olhos: “eu realmente acredito que se LeBron James tivesse que jogar futebol americano, ele poderia ter sido o melhor jogador de futebol americano de todos os tempos”.

Nada mal.

Além disso, em um artigo publicado no site ‘Business Insider’ há três anos, Phil Handy, então assistente técnico do Cleveland Cavaliers e atual assistente dos Lakers, explica seis fatores que tornam o camisa 23 o que ele é:

  • Ele é um profissional fácil de ser treinado;
  • É um líder natural;
  • É ultrapoderoso, com um físico notável (seus 2,06m e 113kg não mentem);
  • Tem um alto ‘QI de basquete’, ou seja, sua parte mental também se sobressai;
  • Seus melhores anos ainda estão por vir (em 2017 sim, mas agora, já com 35 anos, LeBron está entrando na reta final da carreira);
  • Ele tem um rival em Stephen Curry (armador do Golden State Warriors).

Para resumir: ele é uma máquina criada para ser um esportista de altíssimo rendimento. Independentemente da modalidade.

Profissional ao máximo, aberto às sugestões dos treinadores, líder no vestiário, tem um físico espetacular e explosão muscular (além de impulsão), é inteligente e ainda tem rivalidades (todo grande astro precisa de rivais).

Um fenômeno do basquete.

Mas…

E na NFL?

Posições em que eu imagino LeBron jogando na NFL

Inegável que, com suas características físicas e mentais ímpares, LeBron James certamente conquistaria seu espaço na NFL. Tanto como jogador de ataque quanto jogador de defesa, tenho certeza.

É possível até que ele conseguisse atuar em mais de uma posição ao mesmo tempo, se quisesse. Mas legal é imaginá-lo em funções específicas.

Assim, eu separei três posições de ataque e duas de defesa para imaginarmos LeBron.

Ataque

Um atleta como LeBron James seria uma arma ofensiva dos sonhos para qualquer time da NFL. Porte físico impressionante, envergadura espetacular e impulsão absurda. É forte e tem rápido raciocínio. Sem falar na capacidade de ser um playmaker.

Então, vamos começar pela unidade que controla o tempo de posse de bola…

  • Quarterback

LeBron James tem 17 anos de carreira na NBA até agora, soma 9.298 assistências (sendo o oitavo da história da liga neste quesito). Então, imagine como seria colocar o astro dos Lakers para jogar atrás do center na NFL, na posição mais importante dos esportes americanos!

Ele tem a estatura de um quarterback de primeira linha e, com sua força no braço, ele conseguiria lançar basicamente qualquer passe na National Football League. Colocar a bola nas mãos dos companheiros para que eles pontuem é um de seus pontos fortes, afinal.

Ainda consigo imaginar LeBron com capacidade atlética mais do que suficiente para ganhar jardas com as pernas e encarar qualquer contato dos defensores. Daria pena de ver um linebacker tentando derrubá-lo.

Eu simplesmente não consigo imaginá-lo como um signal caller ruim. É simplesmente inconcebível. Poderia até ser a primeira escolha geral do draft.

  • Wide Receiver

Michael Thomas, wide receiver do New Orleans Saints e um dos melhores da NFL na atualidade, tem 1,91m e 92kg. É muito diferente do porte físico de LeBron. Isso porque… A ESTRELA DA NBA GANHA EM AMBOS.

Na NFL, um protótipo que me lembra um pouco mais LeBron é Calvin Johnson, ex-wideout do Detroit Lions. O ‘Megatron’ tinha 1,96m e cerca de 107kg. Mais baixo do que o Papai LeBrão (#RomuloMendonçaFeelings) e mais leve, mas muito mais próximo do que é o atleta dos Lakers.

Apesar de ter se aposentado precocemente aos 30 anos de idade, Johnson pode sim ser considerado um dos grandes WRs de todos os tempos. E LeBron, se quisesse atuar como recebedor, também teria capacidade de conseguir o feito.

Daria até pena de ver esses cornerbacks de 1,85m tentando impedir que um androide como LeBron agarrasse bolas lançadas por qualquer QB mediano (nem precisaria ser um Tom Brady da vida). James daria um show.

Óbvio que ele precisaria aprender a percorrer rotas e tudo mais, mas não creio que seria um desafio tão grande assim.

  • Tight End

Eu nem ia incluir a posição de tight end. Mas aí imaginei LeBron ali na ponta da linha ofensiva, alinhado logo ao lado de um offensive tackle, preparado para disparar, e…

ISSO CAUSARIA UM VERDADEIRO TERROR NO GRUPO DE LINEBACKERS ADVERSÁRIOS.

Rob Gronkowski 2.0? Talvez até 3.0.

Gronk tem 1,98m e cerca de 120kg em seu físico ideal de futebol americano. E, isso sim, me parece muito com o jogador dos Lakers.

LeBron muito provavelmente conseguiria receber para 900, 1.000 jardas em uma temporada, com umas 75, 80 recepções. E ainda poderíamos imaginá-lo tranquilamente como um ótimo bloqueador, abrindo espaço para o jogo terrestre e ainda ajudando na proteção em jogadas de passe.

Quem melhor que alguém com experiência fazendo pick and roll para ajudar nos bloqueios? E LeBron ainda teria mais velocidade do que Gronk, por exemplo.

Defesa

Devo confessar que vejo LeBron James sendo melhor aproveitado em um ataque da NFL do que em uma defesa. Mas engana-se quem acha que ele não poderia ser um defensor de primeira linha no futebol americano.

Ele foi um defensor que evoluiu ao longo de sua carreira na NBA, depois de apresentar muitas deficiências neste quesito em sua primeira passagem pelos Cavaliers.

Vamos imaginar os seguintes cenários…

  • Linebacker

Não é tão fácil imaginar LeBron James jogando na defesa tanto quanto conseguimos no ataque. Mas tudo me leva a crer que ele poderia ser um linebacker decente, no mínimo.

Como middle linebacker, por exemplo, King James poderia aproveitar a sua envergadura para defender passes e fazer interceptações. Também teria uma agilidade considerável para marcar tight ends e running backs vindos do backfield.

E também poderíamos conceber James atuando como outside linebacker.

Brian Urlacher, ex-astro do Chicago Bears e um dos maiores LBs que a NFL já viu, tinha 1,93m e 117kg, pouco peso a mais do que LeBron. Mas, com a tendência atual de linebackers um pouco mais leves (e mais versáteis), James seria um bom atleta na posição.

  • Defensive Back

Por fim, vou colocar James na secundária defensiva. Afinal, seria engraçado vê-lo atuar como cornerback, marcando wide receivers adversários, ou mesmo como safety.

Confesso que a posição de CB talvez seria um pouco mais complicada, já que o corpo extremamente grande de James poderia prejudicá-lo na hora de marcar WRs ágeis. Entretanto, como slot corner seria um pouco mais plausível, talvez.

Se formos além e imaginarmos LeBron James como safety, seria um cenário mais atrativo, na minha visão. Como strong safety mais especificamente, o ala do L.A. Lakers poderia ser dar melhor, tanto pelo porte quanto pela capacidade de, com sua imposição física, conter o jogo terrestre e atuar mais próximo da linha de scrimmage.

Com inteligência acima da média, ele poderia ser o ‘QB da defesa’ e ajudar a organizar as coberturas.

PS: agora, sinta-se totalmente à vontade para colocar LeBron James como offensive lineman, kicker ou long snapper. Solte a imaginação e conte para a gente como o Papai se encaixaria na nossa querida NFL.

Comments
To Top