NFL: Principal wide receiver dos Bills está ‘incerto’ sobre seu futuro

Marcelo Cartaxo | 02/02/2024 - 21:22

O principal nome do Buffalo Bills no corpo de recebedores é Stefon Diggs. Ao lado do quarterback Josh Allen, os Bills tem uma das consideradas melhores duplas de quarterback-wide receiver na NFL, mas acontecimentos recentes podem encerrar a colaboração dos dois jogdores.

Em uma entrevista durante o Pro Bowl de 2024, Diggs mostrou que não tem certeza de seu futuro, seja no Buffalo Bills ou em outra equipe. 

— Não posso te dizer o que o futuro reserva, mas ainda estou sendo eu — Disse Diggs ao jornalista da ESPN Stephen Holder.

Steffon Diggs manteve sua boa forma em jardas na última temporada(1,183). Assim, chegou a seis temporadas consecutivas com pelo menos 1.000 jardas recebidas, algo que só foi visto com Mike Evans, do Tampa Bay Buccaneers. Ainda assim, sua melhor versão parece ser apenas da temporada regular, ao passo que nas últimas duas aparições em playoffs o jogador somou 73 jardas

Em meio a rumores do desentendimento de Diggs com o quarterback Josh Allen, após o mesmo aparecer gritando com seu companheiro de equipe nos playoffs da temporada passada, o wide receiver tem a certeza de uma única coisa: seu potencial.

— Estou pronto para ir, não importa o caminho — completou Diggs.

A produção do jogador de 30 anos diminuiu um pouco em 2023, já que suas 69,6 jardas de média por jogo na temporada regular representaram sua média mais baixa desde 2018, enquanto ainda era jogador do Minnesota Vikings.

Ainda assim, para alcançar as 1,183 jardas na temporada bastaram 107 recepções e uma vitalidade física que é pouco vista na NFL hoje em dia. Diggs participou dos 17 jogos de temporada regular e mais os dois que o time disputou nos playoffs.

Buffalo Bills e Stefon Diggs podem ter problemas em uma eventual separação

De acordo com o Spotrac, o vínculo do jogador com o Buffalo Bills termina em 2027, e até o fim de seu contrato, Diggs tem um impacto de US$ 31 milhões (R$ 154 milhões) na folha salarial dos Bills. Um espaço importante considerando que para conquistar títulos, os times precisam de jogadores de destaque. Consequentemente o valor gasto é maior.

Com Stefon impactando o salary cap dos Bills e sendo um dos wide receivers mais bem pagos da NFL, uma eventual troca pelo jogador é uma tarefa difícil. Afinal, o time envolvido teria que herdar parte do valor que resta a ser pago ao wide receiver, um dinheiro que muitas vezes é usado para contratar dois jogadores da elite da NFL.

Até o momento, não há times demonstrando interesse em Stefon Diggs, tanto por causa dos jogadores que estão na free agency para a temporada 2024-25 quanto pelo valor que uma franquia teria que desembolsar para adquirir Diggs.

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.