NFL

Tom Brady leva quinto MVP de Super Bowl e mostra que a NFL é do número 12

Tom Brady é o maior de todos os tempos. Começar este texto com um clichê é inevitável. E o que ele fez neste domingo (7) colocou uma pá de cal em quem ainda ousava duvidar do contrário.

Quinto prêmio de MVP do Super Bowl e sétimo anel na carreira. Um feito que, talvez, só o quarterback que estava do lado derrotado no Super Bowl LV poderá um dia tentar igualar.

Com o sétimo Super Bowl, ele possui mais títulos de SB do que qualquer outra franquia na história da NFL, superando os seis de Pittsburgh Steelers e New England Patriots (que ironia). E, com o quinto MVP de Super Bowl, ele é o único jogador com cinco, à frente de Joe Montana, com três.

O cara tem 43 anos de idade, trocou o New England Patriots pelo Tampa Bay Buccaneers em um ano sem offseason basicamente e ganhou mais um título. Um deleite para os fãs de TB12 e um inferno para os haters.

A vitória por 31 a 9 sobre o Kansas City Chiefs, que era o atual detentor do ‘cinturão’, teve muito de defesa. Mas também muito do toque das mãos aveludadas de Brady.

Se tem um Rei Midas na NFL, este é Brady. O cara consegue pisar em um prédio e mudar completamente uma cultura organizacional.

Na época de Jameis Winston, se você falasse que imaginou os Buccaneers ganhando um Super Bowl, só tinha uma solução: colocar em uma camisa de força. Mas basta o camisa 12 chegar, vindo de New England com a vontade de adicionar um novo desafio à carreira, para tudo mudar.

Em um estalar de dedos.

Não vamos mentir e dizer que Brady não esteve algumas vezes perto de parecer acabado aos nossos olhos. Quando vimos a sua atuação na derrota por 20 a 13 para o Tennessee Titans, na rodada de wild card de 2019, pensávamos que estava caminhando para o fim. Foi apenas o fim nos Patriots.

A offseason chegou e a decisão surpreendente de ir para os Bucs trouxe nova vida. Mas, em 2020, vimos as atuações nas duas derrotas para o New Orleans Saints, na temporada regular, e pensamos: “ih, é daí para pior”.

Mas o camisa 12 é de outro planeta. O GOAT mesmo. Cresceu quando precisava e, no Super Bowl LV, mostrou por que seu habitat natural é em um campo da NFL durante os playoffs.

21/29, 201 jardas e três touchdowns foram suas estatísticas no grande jogo, com um passer rating de 125.8.

Você percebeu algumas coisas nesses números? O número de passes completados (21), ao contrário, dá 12. Em 201 jardas tem 1 e 2. E quais são os dois primeiros dígitos do seu rating?

O mundo da NFL é 12. E lembre-se: sete títulos de Super Bowl com cinco MVPs da grande decisão somados dá…

Bem, já estou viajando.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top