NFL

Vamos reservar alguns minutos para refletir sobre o que Tom Brady fez

tom brady buccaneers

Tom Brady e Bill Belichick pegaram uma franquia que era o patinho feio da sua cidade e transformaram-na em uma potência. O modelo variou ao longo dos anos, mas tinha algo fundamental: em um esporte com teto salarial, o quarterback aceitava receber menos e Belichick montou elencos com muitas peças por posição e sempre achando pepitas com descontos. Enquanto muitas franquias, que até chegaram a vencer, caíram de rendimento com o passar dos anos por causa do peso dos grandes contratos e uma certa dose de acomodação.

Não em New England. Dá para separar aqueles Patriots em três eras, duas delas vitoriosas, a do meio com duas idas ao Super Bowl. Algo inacreditável.

Inscreva-se no nosso canal do YouTube para acompanhar os melhor conteúdo sobre a NFL!

Mas Tom Brady pelo visto cansou. O elenco já não era mais grandes coisas, ele queria um contrato grande e continuar jogando até os 70 anos de idade. Belichick não estava muito empolgado, porque se estivesse não teria razão para o divórcio.

Quantas vezes você já viu essa história nos esportes: um jogador histórico que quer continuar jogando e acha que pode puxar a sua aposentadoria quanto quiser e isso dando errado? Um milhão de vezes? Lembra de Romário e Ronaldinho Gaúcho? E Brett Favre que não se decidia?

Brady continuou e rumou para o sul. Eu achei bizarra a escolha pelo Tampa Bay Buccaneers por ser um mercado inferior e um time que não ia aos playoffs em uma década. Quer um dado interessante: juntando as quatro grandes ligas americanas os Buccaneers tem o pior aproveitamento de todas as franquias, vencendo apenas 38,7% dos jogos que disputou.

Aqui estamos com sua sétima conquista de Super Bowl, quinto MVP de Super Bowl, 43 anos nas costas e um currículo que não tem paralelo em até outros esportes. Sim, Michael Jordan ganhou seis títulos, mas ele não é o recordista de conquistas (Bill Russell), maior pontuador (é Kareem) e não venceu em sua fase de Wizards (claro, como poderia?).

Ninguém vai conseguir o que Tom Brady está conseguindo. São muitos fatores que lutam contra: o teto salarial, lesões, o Draft, acomodação, as constantes mudanças da liga. Não é à toa que somando Drew Brees, Aaron Rodgers, Dan Marino, Steve Young, John Elway, Kurt Warner não dá os sete títulos de Brady. Todos eles sofreram com esses fatores citados acima.

Brady pegou um capítulo comum ao fim de carreira de estrelas – os anos extras em outro time – e virou de ponta cabeça o final esperado. Bateu Brees, Rodgers e Mahomes em sequência para vencer aos 43 anos. Nós achamos LeBron James espetacular por sua longevidade, relevância por duas décadas e múltiplas idas às finais. Das 10 que ele disputou ele venceu 4. Tom Brady venceu 7 dos 10.

É difícil pensar um esporte que tenha um GOAT tão claro. Tom Brady é talvez o GOAT dos GOATS.

 

Comments
To Top