NFL

Alex Smith é o Comeback Player of the Year mais óbvio da história

Alex Smith foi eleito o Comeback Player of the Year (CPOY) da temporada 2020 da NFL, na cerimônia desta noite de sábado (6) no NFL Honors. E, se alguma outra pessoa tivesse levado esse prêmio para casa, poderíamos exigir que esse troféu fosse extinto. Sem exageros.

A história incrível de superação do quarterback do Washington Football Team foi um dos temas mais quentes na liga nos últimos anos. Toda a jornada de recuperação de sua lesão grave virou até documentário da ‘ESPN’ dos Estados Unidos.

Após isso tudo, Smith ainda voltar a jogar é um feito de cair o queixo. De fazer todos nós sentirmos vergonha de reclamar de levantarmos na segunda-feira para trabalhar. Esse cara é um baita exemplo de vida.

E ainda que eu sempre tenha defendido que absolutamente não importava o que ele fizesse em campo em 2020, Smith ainda deu um tapa na nossa cara e teve cinco vitórias e uma derrota como titular de Washington. Aliás, ele foi quem ajudou o time a quebrar a invencibilidade do Pittsburgh Steelers nesta última temporada.

Sinceramente, se Smith tivesse pisado em um gramado da NFL em 2020, lançado um passe interceptado e nunca mais jogado, esse prêmio já seria dele.

Só para deixar mais claro, foram DEZESSETE cirurgias para salvar sua perna. Ele não só correu risco de ter a perna amputada como correu risco de morrer. Tudo por causa da fratura exposta na perna sofrida em 2018, durante partida contra o Houston Texans.

Para a temporada 2020 de Smith ficar perfeita, só falou ele atuar nos playoffs contra o Tampa Bay Buccaneers, depois de liderar seu time ao título da divisão NFC East na temporada regular. Mas uma lesão muscular na panturrilha o tirou da pós-temporada e os Bucs avançaram. Porém, sinceramente, isso ficou totalmente em segundo plano.

Foram 66,7% de passes completados em oito jogos na temporada regular para 1.582 jardas, seis touchdowns e oito interceptações. Números bons? Longe disso. Mas, novamente: QUEM SE IMPORTA?

Alex Smith é o CPOY mais óbvio de todos os tempos. E gostaria de deixar um pedido à NFL: mudem o nome do troféu, por favor…

Comments
To Top