WNBA: estreia de Caitlin Clark dá mais audiência que jogos de Natal da NBA

Paola Zanon | 16/05/2024 - 13:02

A estreia de Caitlin Clark na WNBA, pelo Indiana Fever, aconteceu na noite de terça-feira (14), na rodada de abertura da temporada 2024-25 da liga feminina de basquete, contra o Connecticut Sun.

A rodada contou ainda com outros quatro jogos, mas o mais assistido foi o embate entre Fever e Sun, justamente por ser a primeira partida de Caitlin, que foi a primeira escolha geral no Draft deste ano.

Nos Estados Unidos, o duelo foi transmitido nacionalmente pela ESPN 2 e contou com uma média de 2,1 milhões de telespectadores. As informações são de Joe Pompliano, jornalista esportivo e apresentador do The Joe Pomp Show.

Esse foi o jogo da WNBA mais assistido dos últimos 23 anos e superou até mesmo dois dos cinco jogos da rodada de Natal da NBA, que contou com duelos como Golden State Warriors x Denver Nuggets, os dois campeões mais recentes da liga, e o clássico entre Los Angeles Lakers x Boston Celtics.

Como foi a estreia de Caitlin Clark na WNBA?

Apesar da derrota do Indiana Fever por 92 a 71, Caitlin Clark já marcou sua estreia na WNBA sendo a principal cestinha de sua nova equipe.

A caloura anotou 20 pontos, três assistências e dois roubos de bola, mas não deixou de mostrar o nervosismo de primeiro jogo ao cometer 10 turnovers.

Caitlin tentou 15 arremessos de quadra, sendo que 11 deles foram da linha de três pontos —sua principal habilidade na NCAA. Ao todo, foram cinco acertos, sendo quatro deles do perímetro. O restante da pontuação foi garantida em lances livres.

O próximo desafio de Clark na WNBA acontece nesta quinta-feira (16), contra o New York Liberty, de Sabrina Ionescu. No Brasil, a partida terá transmissão ao vivo e em inglês do Prime Video (streaming), a partir das 20h (de Brasília).

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.