Wembanyama sobre ausência contra o Jazz: ‘Me forçaram’

André Merice | 27/12/2023 - 12:05

Na noite da última terça-feira (26), o jovem Victor Wembanyama, do San Antonio Spurs, enfrentou o Utah Jazz após ser colocado como dúvida. Wembanyama sofreu um arranhão no tornozelo direito ao pisar no pé de um gandula durante o pós-jogo em Dallas, no último sábado (23).

Após uma avaliação cuidadosa da equipe médica, o francês foi liberado para enfrentar o Jazz. Ao todo, Victor atuou por 24 minutos, marcando 15 pontos, sete rebotes, cinco bloqueios, quatro assistências e uma roubada de bola. O desempenho não mostrou nenhum sinal de desconforto no tornozelo afetado.

Apesar da boa atuação de Wembanyama, o treinador Gregg Popovich revelou que o francês será poupado dos próximos dois jogos contra o Trail Blazers. Wemby, em coletiva de imprensa, opinou sobre as escolhas da comissão.

— Nós nos comunicamos muito com a equipe médica. … Vou confiar neles se quiserem que eu fique de fora, mas apenas se eu realmente precisar. Eu respeito meu papel. Eles são profissionais. Eu sou um profissional. [A equipe médica] me forçou a ficar de fora. Se dependesse de mim, jogaria todos os jogos — comentou o jogador dos Spurs.

Os problemas de Wembanyama preocupam

A precaução tomada pela comissão do San Antonio Spurs acontece no momento certo. Na promissora carreira de Wembanyama, o pivô conta com alguns incidentes que se tornaram pequenos problemas.

O primeiro deles em 17 de dezembro, contra o New Orleans Pelicans. Em seguida, uma ausência contra o Milwaukee Bucks duas noites depois. Posteriormente, ele foi considerado questionável em 21 de dezembro em Chicago, contra os Bulls, mas acabou liberado para jogar.

O incidente com o gandula antes do jogo contras os Mavericks intensificou ainda mais a atenção da comissão em relação à saúde da estrela dos Spurs.

Escrito por André Merice
No Quinto Quarto desde janeiro de 2021, André Merice cursa o 7º período de jornalismo na Universidade de Ribeirão Preto. Apesar de ser torcedor do São Paulo Futebol Clube, André se encontrou na área dos esportes americanos e hoje se tornou "torcedor LeBron" e um admirador de Stephen Curry, o "Víbora".