NBA Lendas da NBA

Francês Tony Parker passou a ser odiado na França após avacalhar o país

Tony Parker, Euro Basket 2015,
Foto: Icon Sport

Ídolo do San Antonio Spurs, e até então também dos franceses, Tony Parker se envolveu em uma discussão acalorada com os seus compatriotas. O ex-jogador fez duras críticas à população do seu país e imediatamente passou a ser odiado na França.

Paker, hoje com 41 anos, conquistou quatro vezes a NBA com a camisa dos Spurs (2003, 2005, 2007 e 2014); foi ouro (2013), prata (2011) e bronze (2005 e 2015) do Euro Basket, além de campeão europeu sub-18 (2000) com a França. Como premiação individual, tem como destaque o título de MVP das Finais da NBA 2007, superando até mesmo o astro Tim Duncan.

Mas, durante uma conferência, no último domingo (11), essa idolatria toda perdeu um pouco do prestígio. Parker, que passou a liderar os Spurs com 17 anos, afirmou que os franceses são todos negativos e que “reclamam o tempo todo”. O eterno camisa 9 falava justamente relembrava a sua carreira.

VEJA TAMBÉM

+ Finais da NBA: o que narrador da ESPN falou sobre Rômulo Mendonça

+ Kobe Bryant quase destruiu história nos Lakers com atitude desesperada

Tony Parker,

Parker é o atual presidente do ASVEL Foto: Icon Sport

— Quando você conta seu sonho a alguém e não tiram sarro de você, é porque você não está sonhando alto o suficiente. Então, eu sonhei grande e disse ‘quero ser o primeiro armador europeu a ter sucesso na NBA’. E quando você está na França, um país onde todos são negativos e reclamam o tempo todo, mas querem fazer greve, imagine como eles aceitam minha frase — disse Parker, atual presidente do ASVEL, da liga francesa de basquete.

Depois da declaração, o ex-jogador recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais, com muitos franceses o acusando de ser ingrato e arrogante.

Houve também quem classificasse os comentários como “agressivos” e pedisse uma retratação pública de Parker, que até agora não se manifestou de maneira contrária.

Agora, o astro está sendo obrigado a lidar com o ódio e o rancor de um país fortemente insatisfeito com suas opiniões.

“Eu nem sei por que a gente escuta esse cara falando”, “eu amo o jogador, mas tenho ânsia com a pessoa” e “a carreira profissional de Tony Parker foi financiada pela França e pelos impostos dos franceses” foram alguns dos comentários de fãs veradeiramentes revoltados com o ex-jogador da seleção francesa e dos Spurs.

Tony Parker não nasceu na França — ele é originalmente de Bruxelas, na Bélgica — mas foi criado no país pelo qual depois se naturalizou e teve oportunidades de jogar os maiores torneios internacionais. Antes de ir para a NBA, o armador atuou por duas temporadas no Paris Basket Racing. 

Popular

To Top