Steve Kerr comenta derrota dos EUA para Alemanha na Copa do Mundo: ‘Isso não é mais 1992’

Marcelo Cartaxo | 08/09/2023 - 17:30

A seleção de basquete dos Estados Unidos (EUA) se despediu oficialmente da briga pelo título mundial na Copa do Mundo FIBA. A derrota para a Alemanha por 113 x 111 na semifinal do torneio deixou Steve Kerr, técnico da seleção norte-americana, frustrado.

O fato é que a derrota americana abriu passagem para o debate sobre a dominância do país no basquete. O último título americano na Copa do Mundo foi na edição de 2014. O técnico aproveitou a entrevista para destacar a evolução das demais seleções desde a década de 90, quando os Estados Unidos montaram um grupo que ficou conhecido como Dream Team.

LEIA MAIS

+ Alemanha elimina os Estados Unidos e faz final da Copa do Mundo de Basquete

+ + Sérvia domina, vence o Canadá e garante vaga na final da Copa do Mundo de Basquete

Ker também reconheceu  a importância dos torneios internacionais, e afirmou que “não é fácil vencer uma Copa do Mundo ou jogos olímpicos”.

 

— Estes jogos são difíceis. Isto não é mais 1992. Os jogadores estão ficando melhores por todo o mundo, times estão melhores e não é fácil vencer uma Copa do Mundo ou Jogos Olímpicos – Completou.

Mesmo com a derrota desta sexta (8), vai continuar sendo a maior campeã do torneio, com cinco títulos. Quando o assunto é Jogos Olímpicos, a dominância é ainda maior, já que os norte-americanos levaram a medalha de ouro nas últimas quatro edições. Ao todo são sete medalhas de ouro nas últimas oito olimpíadas.

A dominância no cenário internacional não veio com tranquilidade. Jogadores da NBA não eram permitidos a atuarem com a camisa de suas respectivas seleções nas Olimpíadas. Assim, em 1992 os EUA tiraram vantagem disto e reuniram os melhores jogadores do mundo naquela época.

Jogadores que fizeram parte da seleção dos EUA nos Jogos Olímpicos de 1992 em Barcelona

  • Charles Barkley
  • Larry Bird
  • Clyde Drexler
  • Patrick Irwing
  • Magic Johnson
  • Michael Jordan
  • Scottie Pippen
  • Karl Malone
  • Christian D.Laettner
  • Christopher Mullin
  • David Robinson
  • John Stockton

Shaquille O’Neal quase fez parte do elenco

O comitê de basquete norte-americano decidiu incluir um jogador que ainda estava no basquetebol universitário. A lista de prospectos incluía Alonzo Mourning, Shaquille O’Neal, Christian Laettner, dentre outros.

No fim, mesmo que Shaq tivesse sido recrutado em primeiro lugar no draft de 1992, Laettner quem integrou o Dream-Team em Barcelona. Imaginem se Shaquile O’Neal tivesse participado do elenco que atropelou seleções mundo afora?

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.