NBA: Orlando Magic resiste e impõe marca negativa impressionante aos Spurs

Marcelo Cartaxo | 01/02/2024 - 00:52

O principal jogador do Orlando Magic foi para a linha de lance livre faltando menos de 40 segundos para o fim do jogo. Convertendo os dois lances livres, Banchero fechou o jogo com 25 pontos e colocou a diferença do placar em exatos 10 pontos (108 x 98).

Se o confronto não fez o Frost Bank Center encher, a reta final foi digna de um jogo dos mais intensos vistos pelo torcedor de San Antonio nesta temporada. O time perdia por quase 20 pontos de diferença faltando menos de 10 minutos, até que um apagão da equipe do Orlando Magic deixasse a diferença cair para uma posse de bola nos cinco minutos finais do jogo.

Devin Vassell e Jeremy Sochan foram os principais jogadores dos Spurs na partida, combinando para 44 pontos e acertando bolas derradeiras que deixaram o torcedor no Texas sonhar com a vitória. Infelizmente o time não conseguiu se manter na partida após o esforço do quinteto em quadra para colocar o jogo em 99 x 96, e à partir do momento que mandaram o pivô Carter Jr para a linha de lance livre, a virada se tornou algo inalcançavel.

Paolo Banchero e Markelle Fultz apareceram nos segundos finais para contribuir na linha de lance livre e colocar uma distância confortável no placar para que o Magic não precisasse se preocupar em brigar por todas as posses faltando pouco tempo para acabar o jogo. Assim, Orlando chegou à 25º vitória na temporada, enquanto San Antonio teve sua 38º derrota em campanha regular.

Orlando Magic e San Antonio Spurs não aparecem ativos no mercado antes do trade deadline

O Orlando Magic é um dos times em construção na NBA, assim como o San Antonio Spurs, e a juventude de ambos os elencos somada com a fé no projeto esportivo que ambos tem para um futuro próximo pode forçar os times a não se reforçarem para a reta final da temporada.

O Orlando Magic briga por uma vaga nos playoffs da conferência leste, e mesmo com talentos como Paolo Banchero, Moritz e Franz Wagner, Cole Anthony e Markelle Fultz, o teto de produção do elenco atual é desconhecido, justamente por causa da juventude. Em uma campanha de aproveitamento superior à 50%, o Magic está encontrando seu melhor basquete, tanto na temporada atual quanto para um futuro próximo.

San Antonio, por sua vez, é o time com a menor média de idade da NBA (23 anos). Treinados por um dos técnicos mais veteranos que há no basquete atualmente, Greg Popovich, os jovens do Texas tem exibido seus talentos em quadra, mas isto não tem gerado bons resultados.

Na primeira temporada de Viktor Wembanyama na NBA, os Spurs tem 10 vitórias e 38 derrotas, sendo a segunda pior campanha de um time na temporada 2023-24, ficando atrás apenas do Detroit Pistons de seis vitórias e 41 derrotas.

Em resumo, são dois dos mais jovens times da NBA e possuem talento de sobra para um futuro próximo, mas para saber quais peças precisarão para brigar nos playoffs nos próximos anos, precisam primeiro saber a extensão da contribuição de seus jogadores em quadra.

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.