NBA

Ray Allen faz post em homenagem a Pierce após ausência em cerimônia

Paul Pierce Ray Allen Celtics

Crédito: Instagram/reprodução

O fato de Ray Allen ter uma foto no Instagram jogando golfe ao invés de estar presente na cerimônia em homenagem a Paul Pierce feita pelo Boston Celtics gerou polêmica. Mas o ex-jogador não está preocupado com as críticas e tratou de apontar que ele e o eterno camisa 34 dos Celtics não estão brigados.

“Apesar do que você ter ouvido ou lido sobre rumores não há nada (entre nós) além de amor. Paul e eu estamos mais interessados em construir pontes que criam muros. Para Paul, número 34, parabéns por ter seu número aposentado. Eu o saúdo por seu comprometimento com a cidade de Boston e nós, os campeões da NBA de 2008”, disse Allen.

What we did in 2008 was special! Not only by Boston standards but by professional sports standards. The truth is, without any one of us on that team we would’ve never been able to do the unthinkable. Going from last place in one year to winning a championship is unfathomable. But, we did it! WE did it- Paul Pierce, Kevin Garnett, Rajon Rondo, Tony Allen, P.J. Brown, Sam Cassell, Glen Davis, Eddie House, Kendrick Perkins, Scott Pollard, James Posey, Leon Powe, Gabe Pruitt, Brian Scalabrine, Doc, Danny, everyone at the Celtics Organization, our wives, children, families, the Fans in The City of Boston and yes, me. Over the last few years I have been berated, lambasted and had my name smeared. You may not want to hear this, but I will always be a Celtic. (Fact). I will always cherish the bonds that I shared with all of my teammates and the people in the city of Boston. (Truth). We all gave everything we had. We all won and we all raised the 2008 NBA Championship banner together. (Ubuntu) Paul Pierce is the first guy that welcomed Kevin and me with open arms into his atmosphere from day one and we never looked back. Paul and I have spoken about our time together as teammates- going to battle night after night knowing we could count on one another and we have also talked about my decision to leave during free agency- a choice I made for my family. Despite what you may have heard or read or what is rumored- there is nothing but love. Paul and I are more interested in building bridges than putting up walls. To Paul, number 34, Congratulations on having your number raised up to the rafters. I salute you for your commitment to the city of Boston and to us the 2008 NBA Champions #thetruth

Uma publicação compartilhada por Ray Allen (@trayfour) em

Desde que Ray Allen saiu de Boston para o Miami Heat, na época duas das maiores forças da NBA, há histórias e histórias sobre rusgas entre as partes. Primeiro Pierce e Kevin Garnett foram gélidos com seu ex-ala-armador em duelos entre Celtics e Heat na Conferência Leste. Mais tarde, o próprio Pierce disse que Allen nunca foi um grande amigo dele e do grupo, preferindo ficar na sua.

E o momento mais marcante dessa rusga foi o fato o quadro Area 21, da TNT, apresentado por Kevin Garnett, contar com as presenças de Pierce, Rajon Rondo, o próprio Garnett e até Glen Davis, o eterno Big Baby, mas nada de Allen.

Então era até esperado que Ray Allen não estivesse presente no TD Garden no domingo. E Paul Pierce não pareceu ter ficado magoado com a ausência do antigo colega, brincando que outras faltas foram mais sentidas por ele.

“Vários caras não estavam lá. E ele mora onde, Miami? Não sei”, disse. “Estou mais bravo com o outro Allen. Ele acabou de ser dispensado, estava em casa. Poderia ter vindo”, brincou Pierce sobre Tony Allen.

Comments
To Top