NBA

Phoenix Suns x Charlotte Hornets como aconteceu – Resultado, destaques e reação

Phoenix Suns x Charlotte Hornets como aconteceu - Resultado, destaques e reação

Phoenix Suns e Charlotte Hornets se enfrentaram neste domingo (20), em jogo válido pela temporada regular da NBA. Os torcedores que compareceram ao Footprint Center, em Phoenix, no Arizona, presenciaram uma verdadeira surra. Com grande atuação coletiva, os Suns venceram o confronto pelo placar de 137 x 106. A saber, essa foi a maior pontuação da equipe no ano.

1° quarto: Phoenix Suns avassalador

A princípio, o jogo começou com muitos erros de arremessos, especialmente pelo lado dos Hornets, que forçavam muitas bolas de três. Como é de costume nos jogos das duas equipes, o ritmo era acelerado, com muitas transições rápidas. Nesse sentido, os donos da casa levavam vantagem, principalmente quando atacavam o garrafão.

A vantagem dos Suns começou a ser construída quando Miles Plumlee foi para o banco. Seu reserva imediato, P.J. Washington, não teve sucesso na proteção ao aro e, com uma formação mais baixa, a equipe de Charlotte sofreu. Agressivo na defesa, Phoenix forçava muitos erros dos adversários e encontrava facilidade para pontuar, principalmente com Devin Booker e Mikail Bridges.

Por outro lado, os Hornets melhoraram quando DeAndre Ayton deu lugar a JaVale McGee, porém o quarto terminou com o placar de 37 x 15. Passados os primeiros 12 minutos, Ayton já flertava com um duplo-duplo, anotando nove pontos e oito rebotes.

2° quarto: Chris Paul comanda o show

Da mesma forma, o 2° quarto seguiu o roteiro do 1°. Os Suns iniciavam com sua formação reserva, comandada por Cameron Payne e Cam Johnson. Enquanto isso, os Hornets continuavam sofrendo com o péssimo aproveitamento de arremessos, além das atuações apagadas de seus dois principais pontuadores, LaMelo Ball e Miles Bridges.

Dessa maneira, na primeira metade, a equipe do Arizona encontrava arremessos livres na zona morta que, para sorte dos visitantes, não estavam caindo. Por outro lado, Chris Paul mais uma vez demonstrava sua excelência na armação de jogadas e já somava sete assistências.

No entanto, quando o quarto se encaminhava para o final, os Hornets pagaram o preço da liberdade concedida aos arremessos de três dos Suns. Os donos da casa não são dos times que mais arremessam do perímetro, no entanto, iriam para os vestiários com incríveis 57% de aproveitamento nas bolas de fora, além da vantagem no placar: 69 x 47.

3° quarto: trabalho coletivo garante a vitória aos Suns

Na volta do intervalo, os Suns não perderam o fôlego e encaminharam a vitória. Devin Booker começou o quarto pegando fogo com duas bolas de três seguidas, ambas contestadas. O ataque da equipe, por sinal, mostrou todo seu entrosamento, com uma movimentação de bola primorosa e muitos passes extras para encontrar arremessos livres.

Os Hornets, por outro lado, faziam seu pior jogo na temporada, com a defesa sempre mal posicionada e errando coberturas. Já o ataque até melhorou um pouco, principalmente quando aceleravam as jogadas. O esforço, no entanto, não foi suficiente para diminuir a vantagem, e o placar marcava 108 x 80.

4° quarto: JaVale McGee brilha

Com poucos minutos do quarto final começou o famoso “garbage time“. A vantagem já beirava os 30 pontos, e as equipes mandaram seus reservas à quadra. Pelo lado dos Suns, Elfrid Payton era o único que fazia um jogo ruim. Ainda houve tempo para um show particular de Cam Payne e JaVale McGee. Foram, pelo menos, três pontes aéreas entre os dois, punindo novamente a formação baixa dos Hornets. O placar final foi de 137 x 106.

Dessa forma, McGee terminou o jogo como cestinha da equipe, com 19 pontos. O destaque, no entanto, foi a atuação coletiva. Nove jogadores anotaram mais de 10 pontos, e os Suns distribuíram 35 assistências, também a maior marca da temporada. Pelos Hornets, Miles Bridges foi o único dos titulares a contribuir com dois dígitos de pontuação, com 26.

Phoenix Suns x Charlotte Hornets – E agora?

Por fim, a vitória mantém os Suns na 1ª colocação da Conferência Oeste com a melhor campanha da NBA: 24 vitórias e cinco derrotas. A equipe agora vai à Los Angeles enfrentar os Lakers, na próxima quarta-feira (22), às 23:59h (horário de Brasília). Já os Hornets caíram para o 9° lugar na Conferência Leste, somando 16 vitórias e 16 derrotas. O próximo jogo também é fora de casa, contra o Utah Jazz, nesta segunda-feira, às 23h (ambos pelo horário de Brasília).

Foto destaque: Reprodução/Rick Scuttery/AP

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top