NBA: Trovoada de bolas! Thunder é líder em porcentagem de arremessos

Marcelo Cartaxo | 24/11/2023 - 15:00

A temporada 2023 da NBA já começou e, alternando entre campanha regular e o In-Season Tournament, um dos times de maior destaque na reta inicial mostra que pode ser mais do que uma promessa para o futuro.

O segundo colocado na conferência oeste com 11 vitórias e três derrotas, o Oklahoma City Thunder é o time com o melhor aproveitamento nas bolas de três pontos na temporada.

De acordo com o próprio ranking da NBA, o time de Chet Holmgren e Shai Gilgeous Alexander, responsável por anotar 40 pontos na vitória mais recente do Thunder contra Chicago Bulls, tem aproveitamento de 41.2% de conversão em bolas arremessadas de fora do garrafão.

À frente de times que possuem atiradores da elite conhecidos justamente por arremessar para além do perímetro como Golden State Warriors e Indiana Pacers, o City Thunder usa isto como uma de suas principais armas. Além disso, o Thunder é responsável por ter aumentado a crise recente vivida por Stephen Curry e os Warriors.

A juventude do time também é outra característica considerada marcante, tendo em vista que a média de idade no Thunder é de 24 anos, o segundo time mais jovem da liga. Em primeiro lugar está o San Antonio Spurs, do francês Victor Wembanyama.

O jogador na imagem do ‘tweet' é Chip Engelland, atual assistente técnico do Oklahoma City Thunder e ex-jogador profissional de basquete. Chip não chegou a atuar na NBA, mas construiu uma carreira jogando em outras ligas profissionais dos Estados Unidos, como a Continental Basketball Association (CBA) e World Basketball Association (WBA).

Chip foi um dos primeiros jogadores a serem “contratados” pela faculdade de Duke nos três primeiros anos de trabalho do Coach K, lendário comandante do programa de basquete da universidade. Hoje, Chip é um dos responsáveis pelo aproveitamento do Thunder nas bolas de três pontos.

Chip Engelland trabalhou em outras equipes na NBA antes de treinar o Thunder

Antes de se tornar assistente técnico, o ex-jogador era treinador de arremessos, e foi um dos responsáveis por moldar o San Antonio Spurs de Greg Popovich em meados dos anos 2005, quando chegou na equipe.

A exemplo disto, Tony Parker, um dos jogadores mais icônicos da franquia viu seu aproveitamento em arremessos aumentar com as dicas e treinamentos de Chip Engelland. A partir do primeiro ano de trabalho do “Shoot Doctor”, Parker não teve aproveitamento inferior à 70% em lances livres, um dos pontos fracos do armador dos Spurs até então.

Outro jogador que teve sua porcentagem de conversão em arremessos para três pontos mudada para melhor é Kawhi Leonard. O astro do Los Angeles Clippers foi recrutado pelo San Antonio Spurs em 2011.

Leonard saiu do basquete universitário convertendo 29% dos arremessos tentados para além do garrafão, mas logo em seu primeiro ano com os Spurs isto mudou. Kawhi evoluiu para 37% de aproveitamento em sua temporada como calouro. Hoje, o jogador duas vezes campeão da NBA arremessa para 38% em bolas de três pontos.

Escrito por Marcelo Cartaxo
Marcelo Cartaxo é um estudante de jornalismo na Universidade Veiga de Almeida, cujo interesse e paixão pelo jornalismo esportivo o levaram a acumular experiências em várias plataformas renomadas. Sua trajetória inclui colaborações notáveis em veículos como Premier League Brasil, Minha Torcida, Esportelandia, Futebol na Veia e ShaftScore.