NBA: Embiid ignora concorrência e dá conselho para Tatum

Paola Zanon | 28/03/2023 - 07:30

Com a corrida pelo MVP da NBA quase no fim, Joel Embiid revelou que deu um conselho a Jayson Tatum. A declaração chamou a atenção já que o pivô do Philadelphia 76ers tem no ala do Boston Celtics um concorrente direto pelo prêmio.

— Eu disse: ‘se eu tiver algum conselho para você, não se concentre no MVP. Apenas foque nas coisas certas, que é ganhar jogos e dominar. O que quer que ajude seu time a vencer, é isso que você deve fazer, e então tudo se resolverá’ — contou o jogador dos 76ers, em entrevista ao The Athletic.

Ao dar um conselho para o astro dos Celtics, o camaronês mostrou que realmente, ser o MVP da temporada regular não é seu foco, é apenas a consequência da estratégia que ele adotou pensando em todo o time: vencer.

Tatum começou a carreira na NBA em 2017, e assim como Embiid, também não conquistou o maior prêmio individual da liga ainda. Na temporada passada, ele foi eleito o MVP das finais de conferência, e este ano, levou para casa o título de MVP do All-Star Game.

Sem um anel da NBA nas mãos, Jayson vem demonstrando que, além de conquistar um título da liga, ele também quer ser eleito como o jogador mais valioso da temporada ao menos uma vez. E ele liga muito para isso.

O jogador dos Celtics, inclusive, é o maior pontuador da temporada até agora com 2078 pontos, seguido justamente por Embiid, que tem 2032 — a diferença é que o jogador dos Sixers tem oito jogos a menos, ou seja, a média de pontos dele é maior que a de Tatum.

MVP: Chegou a vez de Embiid?

Nas últimas duas temporadas, Embiid não escondeu a vontade de ser MVP, muito menos a frustração por ter perdido duas vezes para Nikola Jokic.

Sem nenhuma lesão na atual temporada, o cenário parece estar mais favorável ao pivô camaronês, que se mostrou tão imprescindível para os Sixers quanto o sérvio para o Denver Nuggets, já que além de pontuador, ele também tem bons números de rebotes e assistências: 621 e 257, respectivamente.

Para poupá-lo, inclusive, o Philadelphia decidiu não colocá-lo para enfrentar Nikola e os Nuggets no confronto de segunda-feira (27).

LEIA TAMBÉM:

+ Quem vai ser MVP? Briga tem Embiid, Jokic e Giannis na frente

++ Joel Embiid revela como rival motivou performance de 46 pontos

Ainda assim, Joel não se permitiu vislumbrar com o possível título este ano; ele preferiu dar o crédito dos bons números ao jogo em equipe da franquia de Philadelphia, que já está classificada para os Playoffs da Conferência Leste e ainda tem nove jogos pela frente.

— Todo mundo tem que aparecer. Eu tenho que fazer o meu trabalho. James [Harden] tem que fazer seu trabalho. Tyrese [Maxey] tem que aparecer, Tobias [Harris]. Os jogadores, o banco, todos nós temos que fazer nosso trabalho. Para vencermos, temos que ser perfeitos, e precisamos de todo mundo. Estou animado. Espero que nenhuma lesão estranha aconteça, como nos últimos dois anos, quando tive azar.

Escrito por Paola Zanon
Paola Zanon é jornalista formada pela Cásper Líbero, repórter e redatora com passagens pelo Notícias da TV, R7 e UOL Esporte. A carreira no jornalismo esportivo começou com a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019 pelo R7 até chegar ao Quinto Quarto em fevereiro de 2023. São-paulina de coração e apaixonada por basquete, futebol e viagens.